Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Birra ou doença: os transtornos psiquiátricos na infância

Será que estamos medicalizando comportamentos típicos da infância? O Detetives da SAÚDE aborda os desafios da chamada Psiquiatria da Infância e Adolescência

Por Da Redação - Atualizado em 18 ago 2020, 10h48 - Publicado em 5 mar 2020, 07h30

Agito ou TDAH? Birra ou ansiedade? Não é fácil diagnosticar um transtorno psiquiátrico entre os jovens, ainda mais sem um médico. Diante de um cenário nebuloso, o podcast Detetives da SAÚDE vai discutir se, hoje em dia, muitas crianças e adolescentes estão sendo medicalizados sem necessidade. E o que cada um pode fazer em nome do bem-estar infantil.

Nosso convidado é o médico Guilherme Polanczyk, professor de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Universidade de São Paulo. “Existe uma busca por desestigmatizar os distúrbios mentais. Na década 1950, as crianças com autismo, deficiências intelectuais e afins eram colocadas em grandes clínicas e ficavam à margem da sociedade”, afirma.

Ao longo do episódio, ele enumera as doenças mais comuns que afetam o bem-estar mental da garotada. E diferencia comportamentos normais de outros que exigem atenção dos profissionais de saúde.

Você pode escutar esse programa em diversas plataformas. Dá para clicar ali em cima e ouvir no nosso site mesmo. Também estamos no Spotify, no Deezer, no Google Podcasts, no Pocket Casts, no Youtube… Não sabe como ouvir nesses ambientes? Clique aqui.

Se preferir, dá para escutar pelo Spotify diretamente por aqui:

Continua após a publicidade

 

Ou pelo Youtube:

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade