Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Birra ou doença: os transtornos psiquiátricos na infância

Será que estamos medicalizando comportamentos típicos da infância? O Detetives da SAÚDE aborda os desafios da chamada Psiquiatria da Infância e Adolescência

Por Da Redação - Atualizado em 9 abr 2020, 19h06 - Publicado em 5 mar 2020, 07h30

Agito ou TDAH? Birra ou ansiedade? Não é fácil diagnosticar um transtorno psiquiátrico entre os jovens, ainda mais sem um médico. Diante de um cenário nebuloso, o podcast Detetives da SAÚDE vai discutir se, hoje em dia, muitas crianças e adolescentes estão sendo medicalizados sem necessidade. E o que cada um pode fazer em nome do bem-estar infantil.

Nosso convidado é o médico Guilherme Polanczyk, professor de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Universidade de São Paulo. “Existe uma busca por desestigmatizar os distúrbios mentais. Na década 1950, as crianças com autismo, deficiências intelectuais e afins eram colocadas em grandes clínicas e ficavam à margem da sociedade”, afirma.

Ao longo do episódio, ele enumera as doenças mais comuns que afetam o bem-estar mental da garotada. E diferencia comportamentos normais de outros que exigem atenção dos profissionais de saúde.

Você pode escutar esse programa em diversas plataformas. Dá para clicar ali em cima e ouvir no nosso site mesmo. Também estamos no Spotify, no Deezer, no Google Podcasts, no Pocket Casts, no Youtube… Não sabe como ouvir nesses ambientes? Clique aqui.

Continua após a publicidade

Se preferir, dá para escutar pelo Spotify diretamente por aqui:

 

Continua após a publicidade

Ou pelo Youtube:

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade