Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Poluição pode ser responsável por um quinto dos casos de demência

Segundo novo estudo, além de causar doenças respiratórias, os poluentes atmosféricos afetam diretamente o cérebro

Por Ana Luísa Moraes Atualizado em 3 abr 2017, 17h36 - Publicado em 7 fev 2017, 18h39

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que a poluição é responsável por 8 milhões de mortes todos os anos. E o cenário, que já era ruim, acaba de piorar: uma pesquisa da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, mostra que mulheres expostas a grandes quantidades de poluentes no ar correm risco 92% maior de desenvolver demência e Alzheimer. Caso a descoberta seja aplicada à população em geral, a imundície atmosférica corresponderia a um quinto de todas as ocorrências desse tipo de doença neurodegenerativa.

Os cientistas avaliaram especificamente os efeitos das partículas PM 2,5, que são emitidas durante processos de combustão (é o que acontece nos motores dos carros e em usinas termelétricas, por exemplo). Por serem muito pequenas, são inaladas com facilidade e podem ir parar até no cérebro.

Os resultados foram alcançados pela análise de dados de 3 647 mulheres americanas entre 65 e 79 anos, que moravam em diferentes localidades. Aquelas que residiam em lugares com alta concentração de PM 2,5 — mais de 35 microgramas por metro cúbico de ar — apresentaram uma probabilidade bem maior de sofrer com alguma demência. Os achados permaneceram de pé mesmo depois de outros fatores terem sido levados em consideração, como raça, status socioeconômico, estilo de vida e condições médicas.

Os pesquisadores ressaltam: “A associação encontrada sugere que o fardo global da demência atribuído à poluição vem sendo subestimado, especialmente em regiões com grandes populações expostas à alta concentração de PM 2,5”.

A OMS divulgou um relatório em 2016 com análises de poluição em 45 cidades brasileiras. Os dados não são nada animadores: 40 centros urbanos foram reprovados, mostrando concentrações de partículas poluentes mais elevadas do que o recomendado.

Leia também: Sua pizza está poluindo a atmosfera

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)