Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Depressão: dá para apostar em terapias complementares?

Muita gente não se limita ao tratamento-padrão na busca pela melhora. Por isso, cientistas foram apurar se compensa lançar mão de métodos alternativos

Por André Biernath
Atualizado em 16 jul 2018, 16h41 - Publicado em 10 jun 2018, 10h30

A investigação foi levada a cabo por uma equipe da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que reuniu dados de 149 trabalhos científicos e analisou cinco recursos terapêuticos que prometem enfrentar a depressão.

“Existem poucas evidências de boa qualidade para que possamos recomendar o uso dessas práticas contra a doença”, já adianta o médico e líder da pesquisa Gary Asher. Segundo o especialista, é prudente ter cuidado antes de partir para essas saídas, inclusive pelo risco de eventuais efeitos adversos.

“O paciente deve conversar primeiro com seu médico e informar sobre outras medidas que tenha tomado, até para não influenciar na ação dos remédios ou nos resultados da psicoterapia”, ressalta o psiquiatra Marcelo Allevato, da Associação Brasileira de Psiquiatria.

Tribunal da ciência

Veja o status de cinco soluções analisadas na revisão americana

Metionina

Vendido como um composto milagroso, o suplemento vitamínico foi alvo de alguns estudos. Porém, todos foram inconclusivos sobre a sua ação.

Exercício físico

Eleva o ânimo e a energia, fatores escassos na depressão. Mas vale buscar o suporte de um profissional de educação física.

Erva-de-são-joão

O fitoterápico mexe com os níveis de neurotransmissores no cérebro. Mas não se sabe qual a dose ideal contra a depressão.

Continua após a publicidade

Acupuntura

Daria uma força contra os efeitos colaterais dos antidepressivos. Mas ainda faltam dados do seu efeito na doença em si.

Ômega-3

Suplementos dessa gordura extraída de peixes poderiam ajudar um pouco nos casos mais leves.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.