Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Rinite vasomotora: saiba como identificar os sintomas

Geralmente associada às mudanças de temperatura, a doença pode causar coriza e espirros e não tem origem alérgica

Por Gabriel Bortulini
12 jun 2024, 15h16

A rinite vasomotora é uma doença causada pelo excesso ou pela hipersensibilidade dos vasos sanguíneos da membrana nasal.

Embora o termo “rinite” esteja associado a alergias respiratórias, neste caso é uma reação não alérgica, geralmente relacionada com mudanças de clima (umidade do ar, temperatura, altitude) ou contato com agentes químicos (fumaça, perfumes ou poluição do ambiente).

Além de aspectos ambientais, a rinite vasomotora também pode ocorrer devido a questões sistêmicas do corpo de cada pessoa. Alterações hormonais, estresse, alguns tipos de medicamentos e bebidas alcoólicas são outros fatores que podem provocar esse incômodo respiratório.

+Leia também: 6 verdades sobre a rinite alérgica

Rinite vasomotora, rinite alérgica ou resfriado?

Os sintomas da rinite vasomotora podem aparecer de maneira brusca e são facilmente confundidos com doenças como o resfriado. Entretanto, elas possuem causas diferentes. O resfriado é uma doença viral, ou seja, é causada por um vírus. Sua transmissão ocorre pelo contato com superfícies contaminadas ou pelo ar contendo partículas virais, principalmente em ambientes fechados.

Já a rinite vasomotora é decorrente da própria estrutura fisiológica das membranas nasais, enquanto a rinite alérgica costuma envolver um alérgeno identificável e outras reações típicas de um quadro de alergia.

Continua após a publicidade

O diagnóstico da rinite vasomotora e a diferenciação entre estes outros quadros costuma é feito por um otorrinolaringologista.

Quais são os sintomas da rinite vasomotora?

Os sintomas dessa condição são inespecíficos, ou seja, são facilmente confundidos com outras doenças respiratórias, o que reforça a necessidade de um diagnóstico correto.

A condição pode provocar coriza e espirros apenas pela ligeira mudança de temperatura de um ambiente ou, por exemplo, ao ingerir algum alimento apimentado. Outros sintomas incluem a obstrução nasal, coceira, catarro, irritações na garganta e olhos avermelhados.

Os sintomas podem surgir em qualquer época do ano. Contudo, de maneira geral, eles são mais comuns durante os períodos de bruscas mudanças de temperatura ou de outras alterações climáticas.

+ Leia também: Amplitude térmica: mudança brusca de temperatura faz mal à saúde

Continua após a publicidade

Como tratar a rinite vasomotora?

Os tratamentos variam de caso a caso. Uma medida frequente para controlar os sintomas é a umidificação da mucosa nasal ou do ambiente, por meio de vaporizadores e umidificadores de ar.

A utilização de medicamentos corticoides tópicos também pode causar alívio nos estágios iniciais, desde que haja indicação médica. No entanto, nem sempre os tratamentos vão dar a resposta desejada. Com frequência, o melhor método é encontrado por tentativa e erro.

Em estágios mais avançados, os vasos sanguíneos podem perder a capacidade de contração. Essa situação pode exigir um procedimento cirúrgico, então é importante buscar orientação de um médico caso os sintomas sejam persistentes ou deem sinais de agravamento.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.