saudeLOGO Created with Sketch.

Dia D da campanha de vacina contra gripe de 2019 acontece neste sábado

O 4 de maio marca o Dia D da vacinação para a gripe. O que acontece nesta data e quem pode tomar o imunizante para evitar a infecção pelo vírus

A campanha de vacinação contra a gripe de 2019 terá seu Dia D no 4 de maio, sábado. Nessa data, os postos de saúde abrem excepcionalmente no Brasil inteiro para imunizar todos os grupos prioritários.

Até o dia 30 de abril, 21% do público-alvo foi imunizado. A meta do Ministério da Saúde é aumentar bastante essa porcentagem no fim de semana. Inclusive porque, segundo a programação original, a campanha não passa do dia 31 de maio e o objetivo é alcançar 90% de cobertura.

As puérperas (mulheres que acabaram de dar à luz) são a turma com mais alta taxa de vacinação: 38,8%. Elas são seguidas das gestantes (33,4%), indígenas (27,6%), crianças (26,4%), idosos (21,5%), trabalhadores de saúde (17,1%) e professores (14,2%).

Além deles, podem tomar o imunizante na rede pública:
• Indivíduos com mais de 60 anos
Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas
• Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
• População privada de liberdade
• Funcionários do sistema prisional
• Membros das forças de segurança (policiais e exército)

Outras pessoas podem buscar sua dose nas clínicas privadas. Nesse caso, é possível buscar a versão tetravalente.

Veja também

Além das vacinas, o Dia D conta com ampla divulgação sobre a gripe em si. Em cada estado, é possível que shoppings, estações de metrô e outros locais também ofereçam doses contra o vírus influenza.

Essa data especial é firmada bastante tempo antes do inverno – quando os casos da doença aumentam naturalmente – justamente para dar tempo de vacina surtir efeito.