saudeLOGO Created with Sketch.

Cientistas publicam um inédito atlas da pele

Sai a primeira descrição completa de todas as estruturas que integram o tecido cutâneo

Foram quase cinco anos de muito trabalho para analisar a fundo milhares de amostras de pele descartadas de cirurgias. Pesquisadores da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, estão finalizando o primeiro documento que detalha a função das mais de 11 mil proteínas que compõem a derme e a epiderme, além das características de todas as células imunes que transitam por esse pedaço do corpo.

“Nosso desejo é entender de forma mais aprofundada a pele humana, bem como as doenças que acontecem ali”, conta a dermatologista Beatrice Dyring-Andersen, líder da iniciativa. Com os dados publicados, será possível fazer comparações entre estruturas saudáveis e doentes, com o objetivo de descobrir a origem dos problemas e novas possibilidades de tratamento.

Cinco funções primordiais

Sem esses atributos, não viveríamos por muito tempo

Escudo
A pele é a primeira barreira contra ameaças externas, como traumas, calor, frio, radiação e micróbios.

Depósito
Ali também fica armazenada uma porção de nutrientes, que são liberados na corrente sanguínea.

Termômetro
Por meio da transpiração e da contração dos vasos, a temperatura corporal se mantém constante.

Curativo
As células de defesa e as plaquetas do sangue fecham cortes, barram infecções e regeneram feridas.

Sensor
Terminações nervosas fazem a gente sentir dor, vibrações, pressões e a temperatura externa.

Dados incríveis

25% das pessoas terão algum problema na pele em algum momento da vida

11 mil proteínas diferentes fazem parte desse tecido