Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Campanha de vacinação da gripe em 2021: quem deve tomar as doses

A vacina da gripe já está disponível pelo SUS. Veja as datas para cada público-alvo e quem não pode tomar por contraindicação

Por Da Redação Atualizado em 19 abr 2021, 18h36 - Publicado em 12 abr 2021, 14h44

O Ministério da Saúde lançou oficialmente a campanha nacional de vacinação contra a gripe em 2021. De hoje (12 de abril) até o dia 9 de julho, a expectativa é imunizar 80 milhões de brasileiros de diferentes grupos prioritários gratuitamente, via o SUS.

A vacinação será dividida em três etapas, cada uma com parte do público-alvo. Confira:

A partir do dia 12 de abril: crianças entre 6 meses e 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres no período de até dias 45 após o parto), povos indígenas e trabalhadores da saúde.

A partir do 11 de maio: idosos com mais de 60 anos e professores

A partir do 9 de junho: integrantes das forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas

Só crianças com menos de 6 meses de vida e pessoas com histórico de reação alérgica intensa aos componentes da vacina da gripe têm contraindicação.

No mais, respeite um intervalo de pelo menos 14 dias entre a aplicação da vacina da Covid-19 e a da gripe. O imunizante contra o coronavírus deve ser priorizado.

  • Pessoas com suspeita de Covid-19 ou sintomas de outras infecções também precisam adiar a vacinação para o vírus influenza. Se estiverem completamente recuperados e já se passaram no mínimo quatro semanas do início dos sintomas ou da confirmação do diagnóstico, podem ir para buscar sua dose para a gripe. A precaução serve para minimizar o risco de disseminar a doença e para evitar confusão de sintomas.

    Indivíduos fora dos grupos citados também podem ter acesso à vacina da gripe na rede privada. Saiba mais sobre a vacinação da gripe em 2021 — e o que muda nela — clicando aqui.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade