Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Benzetacil: o que é, para que serve e os principais efeitos colaterais

O medicamento é um antibiótico injetável de ação rápida. Mas precisa ser administrado sob supervisão médica

Por Fabiana Schiavon Atualizado em 15 set 2021, 11h07 - Publicado em 14 set 2021, 12h12

O que é Benzetacil?

É um medicamento que tem como princípio ativo a benzilpenicilina benzatina ou penicilina G. Cabe lembrar que a penicilina foi descoberta em 1928 pelo cientista britânico Alexander Fleming (1881-1955). Trata-se do primeiro antibiótico da história.

Ela foi encontrada primeiro nos fungos Penicillium notatum e, mais tarde, em extratos ativos de plantas da família Amaryllidaceae – reconhecidos por suas propriedades farmacológicas antimicrobianas, antifúngicas, antivirais, hepatoprotetoras, antidiarreicas e analgésicas.

Para que serve a Benzetacil?

É um antibiótico injetável utilizado para tratar infecções bacterianas causadas por microrganismos sensíveis à penicilina G, a exemplo de inflamações na garganta, como amigdalites, faringites, epiglotites, e, ainda, otites, sinusites, infecções de pele, sífilis, entre outras condições. Também atua no tratamento preventivo de doenças, como febre reumática, glomerulonefrite (infecção renal) e endocardite.

“A vantagem do uso da benzilpenicilina é o seu rápido efeito, com início de 15 a 30 minutos após a aplicação. A ação se prolonga por um período de, em média, 21 dias. Por ser de longa duração, dispensa a manutenção de remédio por via oral”, explica Rosana Paiva, médica infectologista e professora da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Como a Benzetacil age no organismo?

A benzilpenicilina tem a função de matar micro-organismos, nesse caso bactérias, durante o seu estágio de multiplicação dentro do corpo.

Como e onde tomar a Benzetacil?

Por conter penicilina, a injeção precisa ser aplicada sob a supervisão de um médico. “Pela regulamentação do Centro de Vigilância Sanitária, a comercialização em farmácias não é proibida, mas como esses locais não possuem esse profissional de plantão, a Benzetacil passou a ser oferecida apenas em hospitais, ambulatórios médicos, prontos-atendimentos e unidades básicas de saúde (UBS)”, esclarece Rosana.

+ LEIA TAMBÉM: Nimesulida: o que é, para que serve, como tomar e cuidados

Essa regra foi criada por causa da possibilidade de o medicamento causar reações alérgicas graves logo após a aplicação. “A pessoa deve ficar em observação em ambiente que disponha de equipamentos para o atendimento médico de emergência. O choque anafilático pode ocorrer alguns minutos após o uso da injeção. Esse tipo de reação ocorre em 0,01% a 0,05% dos pacientes tratados”, descreve a médica.

Continua após a publicidade

“É preciso avaliar ainda a questão da resistência. Quando um medicamento é utilizado muitas vezes, ele começa a perder o efeito e não vai funcionar adequadamente em uma próxima ocasião”, observa Rosana.

Em adultos, a picada é dada no músculo glúteo e, em crianças acima de 2 anos, no músculo lateral da coxa.

Quais são os possíveis efeitos colaterais?

Alergias na pele, como erupção cutânea, urticária, coceira e inchaço, estão entre as possíveis reações. Febre, falta de ar, dor de cabeça, diarreia, náusea, vômitos e candidíase oral e genital também podem ocorrer.

+ LEIA TAMBÉM: Prednisona: o que é, para que serve e como funciona esse corticoide

Por que a Benzetacil é dolorida?

A dor provocada pela injeção pode dar a impressão de que se trata de um medicamento mais “poderoso”. “Na verdade, o incômodo se deve ao maior volume e à densidade do líquido injetado, que afeta as fibras musculares. Fora que a agulha utilizada é de maior calibre”, justifica Rosana.

Para aliviar a sensação, é possível aliar um anestésico ao produto. “O médico deve avaliar a possibilidade de reação e informar a dose e forma de diluição dos dois produtos”, afirma a médica.

aplicação de benzetacil não pode ser feita em farmácias
Em crianças, a Benzetacil é aplicada na lateral da coxa; nos adultos, no músculo glúteo Foto: CDC/Unsplash/Divulgação

Quem não deve usar a Benzetacil?

As pessoas alérgicas a todos os tipos de penicilina não devem tomar a Benzetacil. O medicamento deve ser utilizado com cautela em grávidas e lactantes, e em indivíduos com história de alergias intensas e asma.

“Na prática clínica, a incidência de reações alérgicas ao medicamento é estimada em 2%. Trata-se de um produto bom e barato, de baixa toxicidade, mas com índice significativo de sensibilização. Por isso, a indicação e o acompanhamento médico são indispensáveis”, reforça Rosana.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade