saudeLOGO Created with Sketch.

Anvisa proíbe suplemento nutricional e remédio para impotência

Ambos os produtos alegavam ter benefícios à saúde que não foram comprovados. Venda delas já está proibida no Brasil

Cuidado para não ser enganado! A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda dos produtos Lavita Caps e Viagra Master por alegarem conferir benefícios à saúde para os quais eles não têm qualquer comprovação. É mole?!

Comecemos pelo Lavita Caps. Vendido pela internet, essa espécie de suplemento seria feita a partir da moringa oleífera, uma planta originária da Índia. E as promessas são as mais diversas: da prevenção de doenças cardíacas ao emagrecimento.

O problema é que nenhuma dessas supostas vantagens foi corroborada com estudos junto à Anvisa. E não dá para confiar em um produto qualquer que não ateste suas virtudes.

Já o Viagra Master, como o próprio nome sugere, incendiaria as relações sexuais. De acordo com os sites de venda, ele combateria a impotência, além de aumentar a libido e a fertilidade. Novamente, o item não possui registro no governo.

Ambos os produtos devem perder força no mercado online. Ainda assim, se trombar com um deles, lembre-se: não existe qualquer prova de que eles funcionem (ou mesmo de que são seguros).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Geraldo Gomes

    Na TV esta cheio de propagandas de suplementos alimentares prometendo muitos milagres (fim da celulite, tônico sexual, fim da calvice, emagrecimentos mágicos, enjuvelhecimento….) e deviam ser interditados também.

    Curtir