saudeLOGO Created with Sketch.

5 táticas para voltar a emagrecer após as férias (e no inverno)

Se o frio e o período de descanso podem engordar, as próprias tentativas de reconquistar o peso pré-ferias trazem suas armadilhas. Evite-as!

O mês de julho combina dois fatores perigosos para a forma física: as férias escolares e o inverno. Um amigo querido inclusive me perguntou: “Como eu faço para emagrecer depois de um momento em que comi mais, bebi mais e treinei menos?”

Pois é: as baixas temperaturas estimulam a ingestão de alimentos gordurosos e calóricos – além dos vinhos, claro! Já as férias são vistas como um período de descanso e de maior tolerância com comportamentos engordativos.

Por outro lado, a ânsia de reconquistar o corpo pré-férias representa uma armadilha em si. A busca pelo emagrecimento rápido estimula comportamentos rígidos e nada saudáveis. No longo prazo, eles só vão comprometer sua forma física.

Então seguem algumas dicas para retomar uma rotina mais balanceada sem pressa e sofrimento:

1) Comece por coisas simples e que caibam na sua agenda. Exemplo: vou caminhar sábado e quarta-feira. Iniciar uma rotina de atividades físicas, mesmo que distante do ideal, favorece o engajamento da prática saudável. Com o tempo, sentiremos prazer por termos cumprido a meta e vamos querer mais. Já quem pretende sair correndo todo dia na semana, além de um risco maior de lesões, pode ficar frustrado por não atingir o objetivo.

2) Na alimentação, pense no que você consegue maneirar, sem radicalismos e cortes totais de um nutriente ou alimento. Lembre-se de que não existe um único alimento culpado por engordarmos ou emagrecermos.

3) Adote pequenas tarefas que proporcionem maior gasto calórico, como andar até um restaurante mais distante para almoçar. Sempre que posso, eu almoço com a minha esposa, a Luciana Lancha, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, que fica dentro da USP, onde trabalho. Com isso, ando 1,2 quilometro para ir e mais a mesma distância para voltar, além de subir e descer escadas.

4) Programe as excessões – os momentos em que você se permite comer uma guloseima ou pular a sessão de exercício, por exemplo. Uma armadilha comum é ser muito rigoroso. É importante ter ilha nessa travessia do emagrecimento (falamos em detalhes sobre o assunto no livro O Fim das Dietas).

5) Foque suas metas em áreas realistas e relevantes para você. Se não quer parar de beber refrigerante agora, tudo bem. Concentre-se na maior ingestão de frutas e verduras, por exemplo. Essa é uma armadilha muito frequente. É difícil sustentar uma atitude à qual você mesmo resiste demais. Com o tempo, o seu novo cotidiano ajuda a rever hábitos antigos e mais enraizados.

Bom retorno ao seu melhor exemplar!