Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Teste: sua dieta virou obsessão?

Certas atitudes ajudam a flagrar a ortorexia, marcada pela busca incansável por um cardápio saudável

Por Vand Vieira Atualizado em 14 fev 2020, 18h23 - Publicado em 29 set 2017, 12h16

Descrita pela primeira vez no final da década de 90, pelo médico norteamericano Steven Bratman, a ortorexia ganhou força com a ascensão das redes sociais e já preocupa profissionais de saúde e da nutrição. Afinal, quando o hábito de comer alimentos saudáveis ganha contornos de transtorno alimentar, a dieta tende a ficar cada vez mais restritiva, resultando em falta de nutrientes, ansiedade e isolamento.

  • Abaixo, você confere um teste desenvolvido por Bratman – se houver identificação com qualquer afirmação, sua relação com a comida demanda cuidados.

    1. O tempo que gasto pensando em alimentação saudável todos os dias interfere de um jeito negativo em diversas outras áreas da minha vida.

    2. Condeno os hábitos alimentares dos outros e me sinto ansioso e culpado ao consumir produtos não saudáveis.

    3. Minha paz interior, autoestima, segurança, felicidade e prazer estão diretamente ligados ao que eu como.

    4. Não deixo de lado a dieta, mesmo quando quero ou em ocasiões especiais (ignore este item se o motivo for recomendação médica).

    5. Excluo cada vez mais alimentos do meu cardápio, sendo que as restrições variam de acordo com as teorias nutricionais que acompanho.

    6. Minha alimentação fez com que eu ficasse muito abaixo do peso e apresentasse queda de cabelo e outros sinais de desnutrição.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade