Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Os 5 hábitos saudáveis que podem prolongar a vida por uma década ou mais

Nova pesquisa conclui que essas atitudes, em conjunto, promovem a longevidade – e diminuem o risco de morte por problemas cardiovasculares e câncer

Por Maria Tereza Santos Atualizado em 28 Maio 2018, 14h47 - Publicado em 4 Maio 2018, 15h15

Seguir uma rotina de exercícios regulares, manter o peso, comer de maneira equilibrada, não exagerar no álcool e fugir do cigarro podem aumentar a expectativa de vida em pelo menos dez anos. É o que conclui um estudo feito pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, publicado recentemente no site do Jornal Circulation. Além disso, essa rotina de dar inveja reduz em 82% o risco de morrer por acidentes cardiovasculares e em 65% o de falecer por câncer.

Para chegar a esses números, os pesquisadores estudaram os hábitos de 78 865 mulheres e 44 354 homens durante décadas. Eles consideraram como saudável: não fumar, ter um IMC (índice de massa corporal) entre 18,5 e 24.9 kg/m2, praticar atividades físicas por ao menos 30 minutos todos os dias, não ingerir bebidas alcoólicas em excesso (no máximo uma taça de vinho para mulheres e duas para homens diariamente) e manter uma alimentação saudável.

Ao final do estudo, estimou-se que as mulheres com 50 anos que não incorporam nenhuma dessas estratégias vivem, em média, mais 29 anos – chegando aos 79. Já os homens cinquentões atingem os 75. Por outro lado, os que seguem à risca todos aqueles itens salutares alcançavam os 93 anos (sexo feminino) e 88 anos (masculino).

Os cientistas acreditam que a combinação dessas atitudes foi a responsável por tamanha diferença. Ou seja, isoladamente, aquelas medidas do bem não seriam tão potentes.

Frank Hu, presidente do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública de Harvard, afirmou, em comunicado à imprensa, que o estudo ressalta a importância de seguir uma rotina saudável para impulsionar a longevidade da população. “De qualquer forma, aderir a essas mudanças é algo que leva tempo”, acrescentou. Ele acredita que isso será alcançado através de políticas públicas para apoiar e promover um estilo de vida balanceado.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês