Clique e assine com até 72% de desconto

Descubra a diferença entre cará e inhame

Os dois tubérculos, apesar de parecidos, possuem substâncias variadas entre si. Conheça os atributos de cada um

Por Thaís Manarini Atualizado em 6 Maio 2019, 19h00 - Publicado em 4 nov 2016, 19h05

É comum encontrar quem fale em cará e inhame como se fossem o mesmo alimento. Dá para entender: eles são parecidíssimos. “O inhame pertence à família Dioscoreácea, que tem nove gêneros e cerca de mil espécies. E o cará é uma delas”, ensina a nutricionista Rachel Faria, do Rio de Janeiro.

Pois é, embora sejam espécies diferentes, eles são primos. As similaridades, aliás, vão além das raízes. Os dois tubérculos fornecem bastante energia por serem ricos em carboidratos. “Mas eles são do tipo complexo, que não causa picos de glicose e insulina no sangue”, esclarece Rachel.

  • Mesmo assim, pelo bem da cintura, não é indicado consumi-los com outras fontes do nutriente, como arroz, batata e macarrão. Por falar em barriga, o cará vence no quesito fibras, que geram saciedade. “Elas ainda regulam a absorção de açúcar e colesterol“, diz Rachel.

    O inhame, por sua vez, tem mais que o dobro de potássio, mineral que breca a subida da pressão. Convém prestigiar a família e revezá-los à mesa. Compare, abaixo, os valores nutricionais de cada um deles.

    Energia

    Cará – 96 cal

    Inhame – 97 cal

    Proteínas

    Cará – 2,3 g

    Inhame – 2,1 g

    Carboidratos

    Cará – 23 g

    Continua após a publicidade

    Inhame – 23,2 g

    Fibras

    Cará – 7,3 g

    Inhame – 1,7 g

    Potássio

    Inhame – 568 mg

    Cará – 212 mg

    Fósforo

    Inhame – 65 mg

    Cará – 35 mg

    Placar Saúde

    Cará 4 x 2 Inhame

    (Os valores se referem a 100 gramas do alimento cru)

    Fonte: tabela brasileira de composição de alimentos (taco/unicamp)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade