Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Da jabuticaba se aproveita até o caroço

Linha de pesquisa com fruta brasileira rende ingredientes e produtos promissores (de shake proteico a bebida probiótica)

Por Diogo Sponchiato
18 jul 2022, 10h01

Casca, polpa e até caroço: o aproveitamento integral da jabuticaba norteia um projeto científico da Embrapa Agroindústria de Alimentos, no Rio de Janeiro.

Cientes de que o fruto tem substâncias valiosas para a saúde e praticamente 50% dele (a casca e a semente) é descartado, os estudiosos estão explorando seu potencial como matéria-prima de produtos inusitados — de leite fermentado a shake proteico.

Também foram desenvolvidos processos agroindustriais que permitem utilizar insumos da jabuticaba para dar cor, aroma e sabor a alimentos. Dessa forma, o consumidor poderá se beneficiar ainda mais das fibras e dos pigmentos da fruta, reconhecidos pelo papel protetor do organismo.

Raio X nutricional

O que você encontra numa porção de 100 g de jabuticaba, segundo a Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos (Taco/Unicamp)

Calorias: 58 kcal
Carboidrato: 15,3 g
Fibras: 2,3 g
Vitamina C: 16,2 mg
Potássio: 130 mg
Magnésio: 18 mg

Continua após a publicidade

+ LEIA TAMBÉM: A conta certa de frutas e verduras por dia para ter mais saúde

Criações da Embrapa

Ideias testadas e aprovadas no centro de pesquisa no Rio de Janeiro

Barrinha: feita com a polpa e a farinha da casca da jabuticaba, a tira de fruta laminada lembra uma barra de cereais.

Leite fermentado: os cientistas adicionaram a farinha da casca a uma bebida láctea probiótica, que ganha cor e sabor naturais.

Continua após a publicidade

Granola: juntando pedaços da fruta laminada e a farinha da casca a um mix de cereais, obtém-se um preparo prático e saudável.

Aditivo natural: o aproveitamento integral da jabuticaba propiciou um insumo que serve de aromatizante ou corante na indústria.

Shake proteico: trata-se de uma mistura da fruta desidratada em pó para ser batida com água e ingerida antes ou depois dos treinos.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.