Clique e assine com até 72% de desconto

Compare: farinha e farelo de aveia

Acredite: a diferença não está apenas no formato dos grãos. Saiba mais sobre os dois formatos de aveia e a melhor maneira de usá-los nas receitas

Por Thaís Manarini Atualizado em 24 set 2018, 12h04 - Publicado em 22 set 2018, 10h30

À primeira vista, parece que o tamanho dos grãos é a única diferença entre os dois formatos da aveia. Mas repare, nos dados mais abaixo, que o farelo tem quase o dobro de fibras em relação à farinha.

“Isso porque ele é feito apenas da área externa do grão, ou seja, a casca, a parte mais rica nessas substâncias”, justifica Mariane Lani, engenheira de alimentos da empresa Monama. Já a farinha, explica a especialista, é obtida a partir da trituração de todo o grão.

A vantagem de turbinar a dieta com fibras é que elas ajudam a baixar e controlar os níveis de açúcar no sangue. Sem falar que dão saciedade, evitando ataques de gula. E, embora o farelo seja mais vantajoso nesse sentido, qualquer forma de aveia é bem-vinda.

Se preferir a farinha, Mariane sugere colocá-la em bolos e panquecas. O farelo, por sua vez, vai bem em receitas úmidas, como mingaus – aí, os grãos ficam macios. “Ele também pode ser usado para apresentações mais rústicas de granolas e cookies caseiros”, diz.

  • Energia

    Farelo – 111 cal

    Farinha – 118 cal

    Carboidratos

    Farelo – 20 g

    Farinha – 16,8 g

    Proteínas

    Farelo – 4,8 g

    Continua após a publicidade

    Farinha – 4,2 g

    Fibras

    Farelo – 4,2 g

    Farinha – 2,8 g

    Gorduras totais

    Farinha – 2,5 g

    Farelo – 2,7 g

    Magnésio

    Farelo – 70 mg

    Farinha – 53 mg

    (Os valores se referem a 30 gramas de cada alimento, o correspondente a 2 colheres de sopa)

    Placar SAÚDE

    Farelo 5 x 1 Farinha

    Fonte: Mariane Lani, Engenheira De Alimentos da Empresa Monama

    Continua após a publicidade
    Publicidade