saudeLOGO Created with Sketch.

Conheça 10 métodos anticoncepcionais

A pílula é usada por mais da metade das brasileiras, mas em algumas circunstâncias está ligada a complicações . Investigamos outros métodos

Segundo o IBGE, 61,6% das mulheres fazem uso da pílula regularmente para evitar uma gravidez. Mas pipocam na mídia relatos de usuárias do comprimido que tiveram problemas graves, como tromboembolismo. A condição é caraterizada pelo surgimento de coágulos na corrente sanguínea, que viajam pelo corpo até alcançar os pulmões ou o cérebro.

Acontece que, apesar da sensação de alarme, não dá para sair por aí condenando a pílula à fogueira. O tromboembolismo causado pela anticoncepcional é um fenômeno raro. Em geral, o método só desencadeia a complicação em uma conjunção de fatores. Na maioria das vezes, as mulheres já apresentam trombofilia, uma encrenca genética ou outra provocada por doenças autoimunes.

Para impedir situações como essa, a orientação da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia é que, antes de receitar o anticoncepcional oral, os ginecologistas realizem uma entrevista e um exame físico detalhado. A mesma recomendação serve para as pacientes: é preciso se consultar e entender bem o que será ingerido.

Confira agora as vantagens e desvantagens dos métodos contraceptivos disponíveis no mercado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s