saudeLOGO Created with Sketch.

Bons hábitos contra diabete gestacional: benefícios a mãe e filho

Prática regular de atividade física, alimentação equilibrada e monitoramento da glicose evitam uma série de consequências desse problema

Alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez podem dificultar a ação da insulina, encarregada de abrir as portas das células para que o açúcar circulante no organismo entre e seja convertido em energia. Quando isso acontece e o pâncreas não dá conta de produzir mais dessa substância, o sangue adoça e o diagnóstico é amargo: diabete gestacional. A boa nova é que os bons e velhos hábitos saudáveis são capazes de afastar as encrencas decorrentes dessa condição, que acomete até 7% das gestantes brasileiras.

Antes de chegar a essa conclusão, cientistas britânicos e neozelandeses revisaram 45 estudos, totalizando 4 501 grávidas e 3 768 bebês. Os especialistas, então, compararam as mulheres que apenas seguiram o tratamento clínico com outras que, além disso, investiram em práticas como exercícios físicos, alimentação equilibrada e um monitoramento próximo da glicemia (taxa de açúcar no sangue).

Para os bebês, o combo de medidas salutares foi associado a um menor risco de nascer acima dos padrões de peso e tamanho considerados seguros. Não houve ligação significativa com a quantidade de glicose no sangue dos recém-nascidos.

As mães, por sua vez, seriam beneficiadas com uma maior chance de afastar a depressão pós-parto e de recuperar o peso ideal nos primeiros 12 meses que sucedem a saída da maternidade. Em quadros de pressão alta, lesões no períneo (região localizada entre a vagina e o ânus), laceração e necessidade de cesárea, a diferença registrada na comparação das turmas foi irrelevante.

Mas atenção: embora os autores da pesquisa tenham percebido que hábitos adequados oferecem, sim, muitos benefícios nesse contexto, eles não substituem as prescrições médicas. Todas as mulheres grávidas — e em especial as com diabete gestacional — devem ser acompanhadas de perto por um doutor.

Quer receber uma dose semanal de SAÚDE no seu e-mail? Então assine nossa newsletter — é grátis e fácil. Basta clicar aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s