Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Novo exame para zoonose em alta

A esporotricose, doença provocada por um fungo que é um problema de saúde pública, agora tem um teste para diagnóstico simples e rápido

Por Ingrid Luisa
Atualizado em 28 nov 2022, 09h35 - Publicado em 25 nov 2022, 14h03

Um dos desafios envolvendo infecções fúngicas é que o processo de detecção e confirmação da doença costuma ser lento — os exames em geral precisam cultivar o micróbio da amostra para bater o martelo.

Só que a corrida contra o tempo é essencial para deter uma dessas moléstias, a esporotricose, que ataca a pele de bichos e humanos. Ela é considerada uma zoonose endêmica em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo — ou seja, está disseminada e pode ser transmitida entre as espécies — e se aproveita do retardo no diagnóstico porque, muitas vezes, suas lesões são confundidas com outras encrencas.

A saída para esse impasse veio da startup BiDiagnostics, fundada pela biomédica Leila Lopes Bezerra, que estuda a esporotricose há mais de 40 anos. “Desenvolvemos um exame sorológico que detecta o fungo e cujo resultado sai em algumas horas”, conta.

Com o laudo do teste, cocriado pela Merck Life Science, já se pode prescrever o contra-ataque terapêutico.

Continua após a publicidade

+Leia também: A ameaça dos fungos: quais as doenças causadas por eles?

comparação de exames para detecção de esporotricose
Clique aqui para ampliar e aproximar! (Arte Saúde/SAÚDE é Vital)

Olho na esporotricose!

Trata-se de uma doença perigosa para os gatos: ela leva à morte cerca de 50% dos felinos infectados. Mas existe tratamento (e cura) se for identificada logo no início, assim como medidas de prevenção.

Continua após a publicidade

O fungo Sporothrix brasiliensis está presente no ambiente, em regiões com jardins e areia. Por isso, o ideal é evitar o acesso dos animais a áreas externas. O cuidado também protege as pessoas: mesmo gatos não infectados podem carregar o fungo nas unhas e passar ao dono.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.