Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Os males da batata frita e o mapa da dor no Brasil

Neste SAÚDE Comenta, contextualizamos o estudo que associa a batata frita a uma maior mortalidade e o mapeamento da incidência de dor no nosso país

Por Theo Ruprecht, Thaís Manarini 10 jul 2017, 15h32

Um estudo que chamou a atenção aqui na SAÚDE vem da Itália. Lá, cientistas ligaram o consumo frequente de batata frita a um maior risco de morte prematura. Mas o que isso quer dizer? Como contornar essa questão? Debatemos esses pontos no SAÚDE Comenta desta semana, gravado originalmente ao vivo pelo Facebook.

Ao longo da transmissão, ainda abordamos um levantamento nacional que mapeia a incidência e a intensidade das dores. Até porque não é normal conviver com incômodos sem fazer nada – há opções que vão muito além dos remédios.

Para participar do SAÚDE Comenta, é fácil. Basta entrar na nossa página do Facebook toda segunda, por volta das 14h30 e aguardar o início da transmissão. Você pode mandar perguntas ou fazer comentários para acalorar a discussão! Mas, se não conseguir acompanhar o programa ao vivo, dá para vê-lo depois pela TV SAÚDE. Todos os nossos programas estão por lá!

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês