Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Febre amarela: tira-dúvidas sobre a vacina e a doença

Qual a validade da vacinação com dose normal ou com fracionada? Como tratar a febre amarela? Quais os sintomas? Resolva suas questões neste vídeo

Por Theo Ruprecht, Thaís Manarini 15 fev 2018, 09h51

O surto atual de febre amarela já contabiliza ao menos 353 casos confirmados, com 98 mortes. E, desde o início do ano, a população vem aprendendo muito sobre a doença, a vacina e suas reações adversas, as doses fracionadas, os sintomas e por aí vai.

Mas o que podemos tirar de mais importante desses episódios de febre amarela de 2018? E como evitar a infecção realmente? Mais: qual a validade das vacinas?

Foram essas perguntas que justificaram chamar o infectologista Hélio Bacha, da Sociedade Brasileira de Infectologia, para uma conversa com os nossos internautas, gravada originalmente ao vivo no Facebook.

  • “O surto atual já vinha se desenhando há tempos”, diz ele, logo de cara. Bacha também traz as principais recomendações e resolve, de uma vez por todas, quem deve e quem não deve se vacinar. E, mais pra frente, arremata: “O maior inimigo do homem é o mosquito“.

    Para ver os vídeos ao vivo (e mandar suas perguntas), basta ficar de olho nas nossas redes sociais. Caso não esteja disponível na hora, também não há problema: veja a TV SAÚDE.

    Continua após a publicidade
    Publicidade