Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Alcoolismo é doença e merece ser tratado – Dia Mundial da Saúde

A dependência por bebidas alcoólicas e outras drogas é o tema desta entrevista. Saiba o que os cientistas estão estudando para tratar esse problema

Por Theo Ruprecht - 8 abr 2017, 15h59

“O indivíduo que é dependente perde o freio e volta a consumir a droga, mesmo sabendo das consequências deletérias que isso traz ao organismo dele”. A bioquímica Rosana Camarini, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, fala sobre os estigmas e os impactos do alcoolismo nos dias de hoje.

Esse é o quarto vídeo de nossa série especial sobre o Dia Mundial da Saúde, comemorado no dia 7 de abril. Em outras entrevistas, abordamos a importância do sono, o uso do exercício físico como remédio e os tratamentos disponíveis contra a dor crônica. Veja abaixo:

O alcoolismo está associado a vários problemas de saúde, como câncer e doenças cardiovasculares. Acima disso, é um fardo para a sociedade, por estar atrelado a casos de violência doméstica e acidentes de trânsito. Ainda assim, é absolutamente fundamental entender que não se trata de um desvio de caráter, e sim de um problema que tem tratamento.

Publicidade