Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Mais verde no escritório para reduzir o estresse e elevar a produtividade

Um contato próximo à natureza no próprio trabalho ajuda a controlar melhor o nervosismo — e até turbinaria o rendimento do funcionário

Por Theo Ruprecht - Atualizado em 27 jan 2020, 11h04 - Publicado em 27 jan 2020, 09h46

O Studio BR Arquitetura aposta na biofilia para desenhar os espaços de diferentes empresas. “Por meio de alusões visuais e sensoriais, esse conceito busca trazer uma maior humanização e conexão com a natureza”, explica Bruna de Lucca, diretora de projetos da instituição. “Nós valorizamos a luz natural, a vista, o contato com plantas”, enumera. Em um cliente do Studio BR, essa tática foi ligada a um aumento de produtividade de 19%. Em outro, houve queda de 33% nos atestados médicos.

Já a literatura científica sobre os benefícios de investir no verde dentro do trabalho não é das maiores. Para citar um artigo de 2016, estudiosos da americana Universidade Harvard notaram que 24 voluntários rendiam mais em escritórios sustentáveis.

O médico do trabalho João Silvestre da Silva, do Centro Universitário São Camilo (SP), acha a proposta interessante, mas lista suas prioridades: “Controle de barulho, temperatura, iluminação, segurança, mobiliário confortável e, acima de tudo, relações saudáveis”. Ah, e não adianta comprar uma mudinha e achar que ela vai tornar toda a empresa mais funcional.

– Um escritório com bastante verde reduz em 22% o estresse*
73% dos empregados reprovam o próprio local de trabalho**
– O design biofílico aumentaria em 19% a produtividade**

*Pesquisa da Universidade de Oxford / **Levantamentos do Studio BR com clientes

Publicidade