Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Uma cola especial para ferimentos

Sim, a tecnologia já chegou a esse nível. E ela consegue juntar cortes em apenas poucas semanas!

Por André Biernath Atualizado em 26 jan 2018, 10h33 - Publicado em 26 jan 2018, 10h32

Já está disponível no Brasil um adesivo que promete substituir os pontos cirúrgicos que fecham a pele após acidentes ou operações.

“Ele junta o corte em semanas, quando o material é biodegradado”, relata o cirurgião plástico Ricardo Cavalcanti, diretor do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, no Rio de Janeiro.

  • Recentemente, a Universidade de Sydney, na Austrália, e a Universidade Northeastern, nos Estados Unidos, começaram a trabalhar numa nova versão do produto, que será usado para selar órgãos internos.

    “Queremos um material que confira elasticidade, estabilidade e interatividade com as células do corpo”, conta o químico Ehsan Shirzaei Sani, um dos responsáveis pela inovação.

    Continua após a publicidade
    Publicidade