Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Um problema que afeta demais a saúde bucal brasileira

Levantamento indica a falta de acesso a dentistas como uma das principais ameaças aos dentes no país

Por Vand Vieira Atualizado em 14 fev 2020, 18h24 - Publicado em 28 ago 2017, 19h24

Apesar de estar dentro da meta estipulada pela Organização Mundial da Saúde para o índice de dentes cariados, perdidos ou obturados na população, o Brasil ainda tem um baita desafio a superar nesse quesito. É que, segundo uma pesquisa do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), em São Paulo, quem não adere a um plano odontológico está mais propenso a descuidar da higiene da boca e de suas respectivas consequências.

O trabalho tem como base dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013, realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde. Ao todo, os questionários de 50 692 voluntários foram considerados. Deles, somente 18,5% bancaram um seguro voltado para a saúde bucal.

Aí que está: 4,2% das pessoas que não contrataram o serviço afirmaram escovar os dentes só uma vez por dia. É praticamente o dobro do registrado na turma que investe mais no sorriso (2,4%). Outra discrepância que chama a atenção está relacionada à perda total dos dentes, dez vezes maior entre os não-beneficiários.

Eles também levaram a pior na quantidade de casos de problemas na gengiva, dor de dente e feridas na boca. Em ambos os grupos, 0,1% dos respondentes afirmaram nunca escovar os dentes.

De modo geral, limpeza, revisão, manutenção e prevenção lideram o ranking das motivações citadas para visitar o dentista. Por outro lado, pouca informação e o tempo de espera por atendimento na rede pública afastam os brasileiros desse profissional.

A avaliação das consultas oferecidas por convênios é boa ou muito boa para 90% dos entrevistados. “Isso significa que a questão não é qualificação desses profissionais, mas a falta de acesso a eles”, declarou, em comunicado à imprensa, o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro. Mas isso não é desculpa para deixar de lado a escovação e o fio dental depois de cada refeição, combinado?

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)