Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Radar da Saúde: Falta de saneamento básico faz brasileiros adoecerem

Análise mostra aumento nos casos de doenças de veiculação hídrica, disseminadas pela ausência de água tratada e coleta de esgoto

Por Diogo Sponchiato Atualizado em 26 jan 2022, 09h44 - Publicado em 25 jan 2022, 18h42

Viroses por trás de diarreias, dengue, leptospirose, verminoses… A carência de saneamento básico é um prato cheio para infecções e doenças parasitárias de veiculação hídrica.

E essa ainda é uma realidade preocupante no Brasil, onde mais de 30 milhões de pessoas vivem em locais sem água tratada e 100 milhões não têm acesso a coleta de esgoto.

O cenário é propício aos achados de um levantamento do Instituto Trata Brasil. Pegando dados consolidados de 2019, ainda antes da pandemia, a entidade computou 273 403 internações por doenças de veiculação hídrica — 30 mil a mais que no ano anterior.

O maior índice de hospitalizações foi registrado no Nordeste: ali, só 28% dos cidadãos contam com coleta de esgoto.

O trabalho aponta a necessidade de não perder tempo com a devida implementação do Marco Legal do Saneamento, que prevê a universalização desse serviço no país até 2033.

+ Assine VEJA SAÚDE a partir de R$ 9,90

radar: passado
Ilustração: Elisa Moura/SAÚDE é Vital

Passado: 50 anos do remédio que inibe a rejeição nos transplantes

Originária de um fungo, a ciclosporina é mundialmente reconhecida por seu papel imunossupressor, ou seja, ela ajuda a impedir que o sistema imune se volte contra um órgão transplantado ou contra alguma região do próprio corpo.

A descoberta desse efeito veio à tona após experimentos feitos por funcionários do laboratório Sandoz, na Suíça, em janeiro de 1972.

radar - futuro
Ilustração: Elisa Moura/SAÚDE é Vital

Futuro: Uma córnea alternativa para curar a cegueira

Milhões de pessoas pelo mundo ficam sem enxergar devido a danos à córnea e na dependência de um transplante, obtido de um doador.

Mas cientistas da Universidade de Bradford, na Inglaterra, criaram um polímero que mimetiza a estrutura dessa lente natural e, instalado no olho, passa a abrigar células-tronco do próprio paciente para formar uma nova córnea.

Continua após a publicidade

+ Leia também: Radar da saúde: a vacina contra o câncer já está entre nós

radar - lugar
Ilustração: Elisa Moura/SAÚDE é Vital

Um lugar: África Subsaariana ganha vacina contra a malária

O primeiro imunizante usado em larga escala diante dessa doença, que mata anualmente mais de 260 mil crianças com menos de 5 anos, pode virar o jogo em países como Quênia, Malaui e Gana.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está recomendando a nova vacina, produzida e testada pela farmacêutica GSK, a crianças em risco nessa região do continente africano.

Compartilhe essa matéria via:
radar - dado
Ilustração: Elisa Moura/SAÚDE é Vital

Um dado: 65% das prescrições de químio alteradas após teste genético

Um estudo do Fleury, do Hospital Pérola Byington e da Santa Casa de São Paulo constatou, após a realização do exame Oncotype DX, que o regime terapêutico de 117 das 179 pacientes com câncer de mama avaliadas deveria sofrer algum tipo de mudança — boa parte delas, com indicação inicial de quimioterapia, teria mais benefício com o tratamento hormonal isolado.

+ Leia também: Radar da saúde: o dramático impacto mental da pandemia entre os jovens

radar - frase
Ilustração: Elisa Moura/SAÚDE é Vital

Uma frase: Matt Haig

“A solidão não é uma ausência de companhia. A solidão é sentida quando estamos perdidos. Mas podemos estar perdidos mesmo em meio a uma multidão. Não há nada mais solitário do que estar com pessoas que não estão na mesma sintonia que nós. A cura para a solidão não é mais gente. A cura para a solidão é compreender quem somos.”

Matt Haig, escritor britânico, no recém-lançado O Livro do Conforto, da Editora Intrínseca (clique aqui para comprar)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês