Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ministério amplia acesso ao contraceptivo DIU no SUS

Agora, mulheres podem recorrer ao dispositivo intrauterino logo após o parto ou um aborto, o que garante maior proteção contra gestações indesejadas

Por Aécio Amado (Agência Brasil)
Atualizado em 9 jan 2018, 17h01 - Publicado em 11 dez 2017, 14h19

O acesso pelas mulheres ao DIU (dispositivo intrauterino) de cobre no Sistema Único de Saúde (SUS) foi ampliado desde o dia 8 de dezembro de 2017, conforme portaria do Ministério da Saúde publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, o DIU de cobre terá disponibilização feita pelos estados, municípios e o Distrito Federal (DF) às maternidades integrantes do SUS, para “anticoncepção pós-parto ou pós-abortamento imediatas”. Antes, o acesso estava restrito às Unidades Básicas de Saúde (UBS).

As mulheres que optarem pelo método agora podem sair do hospital após o parto ou o aborto com ele já implantado. No primeiro caso, ele fica disponível por até 48 horas – se esse prazo estourar, a mulher deverá esperar 40 dias para realizar o procedimento, segundo o Ministério da Saúde. Para saber mais sobre os diferentes tipos de DIU, clique aqui.

Continua após a publicidade

“Os gestores estaduais, do Distrito Federal e municipais terão até 90 dias, a contar da data de publicação da portaria, para adequação da rede de atenção e das maternidades na oferta do DIU pós-parto e pós-abortamento imediato”, reitera a portaria. Ou seja, na prática, três meses separam as mulheres dessa maior facilidade de acesso.

Este conteúdo foi publicado originalmente na Agência Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.