Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Como é feita a cirurgia de prótese do quadril?

Pessoas com desgaste da articulação do quadril ou com problemas no fêmur podem necessitar do procedimento, que devolve a movimentação e a qualidade de vida

Por Chloé Pinheiro Atualizado em 29 set 2021, 11h38 - Publicado em 28 set 2021, 14h44

Confira como é feita a cirurgia de prótese de quadril, capaz de devolver qualidade de vida e movimentação a pessoas com problemas na região, como osteoartrite e artrose. Apesar de trazer vantagens quando bem indicada, ela é pouco realizada no Brasil. Nos Estados Unidos, são cerca de 450 mil operações por ano. No Brasil, menos de 12 mil, apontam estimativas.

O pré-operatório

A etapa inclui decisões sobre o tamanho e o material das peças, além de exames para avaliar a saúde geral do indivíduo. Hoje, o plano é feito com a ajuda de programas de computador, que, com base em imagens de raios X, criam uma simulação tridimensional de como ficará a prótese.

Como é feita uma prótese no quadril
Ilustrações: Rodrigo Damati/SAÚDE é Vital

A troca do fêmur

A cirurgia substitui a cabeça do fêmur, mesmo que ela em si não esteja doente. Para isso, o médico faz um corte na lateral ou na frente da perna (as técnicas variam), retira o osso e, com uma espécie de furadeira, abre caminho para uma haste que servirá de base para a prótese.

O encaixe

A haste de metal pode ser cimentada ao osso ou revestida de materiais que se integram a ele. Nela, é encaixada a nova cabeça do fêmur, que se conecta ao quadril por meio de uma taça acetabular, peça também metálica, e de uma superfície de contato, de cerâmica ou plástico polietileno.

Continua após a publicidade

Os ajustes e a cicatrização

A superfície de contato fará as vezes de articulação, permitindo a movimentação ampla da prótese. O processo leva cerca de duas ou três horas, mas pode ser mais demorado. Com tudo encaixado, o médico faz uma sutura, que deixa uma cicatriz de 10 a 15 cm de comprimento.

LEIA TAMBÉM: Fraturas no quadril aumentam mortalidade em curto e longo prazo

Perguntas e respostas

  • Quando se opera?
    Dores constantes, uso excessivo de analgésicos e problemas para dormir indicam que está na hora.
  • Tem idade-limite?
    Não. Tanto jovens como idosos se beneficiam da cirurgia feita com a indicação correta.
  • Eu vou sentir dor?
    As dores praticamente somem depois da cirurgia. É uma das operações com maior índice de satisfação.
  • E se precisar trocar?
    Um novo procedimento pode ser feito para substituir todo o sistema ou partes dele.

Como é feita a recuperação da cirurgia

Recuperação da prótese de quadril
Ilustrações: Rodrigo Damati/SAÚDE é Vital

Duração e cuidados com a prótese de quadril

quanto tempo dura a prótese de quadril
Ilustrações: Rodrigo Damati/SAÚDE é Vital

Fonte: Leandro Ejnisman, ortopedista especialista em quadril do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) e do Hospital Israelita Albert Einstein (SP)

Continua após a publicidade

Publicidade