Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Futuro do Diabetes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Carlos Eduardo Barra Couri é endocrinologista, pesquisador da USP de Ribeirão Preto e criador do Endodebate e do Diacordis. Aqui ele mapeia os cuidados e os avanços para o controle do diabetes
Continua após publicidade

Semaglutida demonstra benefícios em pessoas com insuficiência cardíaca

Estudo com medicamento já testado contra diabetes e obesidade é destaque do Congresso Europeu de Cardiologia em Amsterdã

Por Carlos Eduardo Barra Couri
Atualizado em 25 ago 2023, 17h38 - Publicado em 25 ago 2023, 17h27

Muito se fala dos efeitos da semaglutida para doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade. E muito se fala do seu mau uso, com objetivos estéticos de perda de peso.

A insuficiência cardíaca é uma doença gravíssima, com prognóstico sombrio e alta taxa de mortalidade a médio prazo, comparável a diversos cânceres.

E se usássemos uma dose semanal de semaglutida em pessoas com obesidade e insuficiência cardíaca sem diabetes?

Esta foi a pergunta respondida pelo estudo STEP-HFpEF, apresentado no Congresso Europeu de Cardiologia (ESC), que acontece entre os dias 25 e 28 de agosto em Amsterdã, na Holanda.

O trabalho incluiu 529 pessoas com um tipo específico de insuficiência cardíaca chamada de “fração de ejeção preservada”. É uma versão relativamente comum em pessoas acima do peso e que representa 50% de todos os casos no mundo.

Nesta situação, o coração tem uma capacidade menor de relaxar para receber o sangue oxigenado dos pulmões e em seguida bombeá-lo para o restante do corpo.

Continua após a publicidade

As pessoas incluídas no estudo tinham índice de massa corporal (IMC) médio de 37 kg/m2 e circunferência abdominal de 119cm.

Ao longo de um ano, aqueles que usaram semaglutida, na dose de 2.4mg aplicada por via subcutânea, em dose semanal, tiveram redução de 13,3% do peso corporal e melhora significativa da qualidade de vida.

Além disso, eles melhoraram sintomas relacionados à doença, como a queda na aptidão física. No teste de caminhada de 6 minutos, a distância percorrida aumentou em mais 21 metros (o que é um grande avanço neste cenário).

+ Leia também: Semaglutida reduz em 20% risco de eventos cardiovasculares graves

Os benefícios da semaglutida na insuficiência cardíaca certamente vão além dos 13% de perda de peso. Provavelmente, incluem redução do status pró-inflamatório destes indivíduos, melhora na pressão cardíaca, aumento da dilatação dos vasos sanguíneos, etc.

Continua após a publicidade

Este estudo mostra que a semaglutida e outros tratamentos anti-obesidade representam muito mais do que a redução estética do peso.

A obesidade pode trazer consequências gravíssimas e o seu devido controle é fundamental para prevenção e tratamento de muitas destas consequências, inclusive da insuficiência cardíaca.

Vale destacar que, no Brasil, temos apenas a semaglutida subcutânea na dose de 1mg semanal. A dosagem de 2.4 mg semanais foi aprovada em 2023, mas a comercialização ocorrerá apenas em 2024.

E, em nosso país, a aprovação formal pela Anvisa da dose de 1mg ainda é apenas para tratamento do diabetes tipo 2.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.