Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

Com a Palavra Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Neste espaço exclusivo, especialistas, professores e ativistas dão sua visão sobre questões cruciais no universo da saúde
Continua após publicidade

O que os olhos dizem sobre a sua saúde

Diabetes, hipertensão e até artrite reumatoide podem se manifestar com alterações na visão, mais uma razão para o check-up com o oftalmologista

Por Tiago César Pereira Ferreira, oftalmologista*
25 jun 2022, 09h48

Frequentemente negligenciados, os olhos falam muito sobre o nosso estado de saúde. Quando o ser humano ainda é um embrião, o olho tem as mesmas estruturas dos demais tecidos do corpo; assim, doenças em geral podem ter a sua correspondência ocular.

A associação entre os nossos olhos e a saúde sistêmica é tão importante que deveria ser mais um motivo para as visitas periódicas ao oftalmologista. A partir de sinais apresentados em pontos específicos do corpo (no caso, nos globos oculares), o especialista pode investigar se existe um problema local ou sistêmico.

Essa rotina de atenção aos olhos pode ser crucial para detectar condições tão diversas e potencialmente graves, caso de alergias, diabetes, hipertensão e até mesmo doenças autoimunes.

+ LEIA TAMBÉM: Como garantir vida longa à sua vista

Uma pessoa com diabetes, por exemplo, pode ter alteração de até 3 graus no déficit visual corrigido por óculos durante uma crise. Isso acontece porque as estruturas intraoculares dependem do envio e da oferta de glicose. Como na doença a glicemia fica descontrolada, há um impacto direto na saúde ocular.

Com o tempo, o indivíduo com diabetes pode ficar com o cristalino opaco, estar mais sujeito à catarata e encarar maior risco de rompimento dos vasinhos na retina e de danos a esse tecido no fundo do olho.

Continua após a publicidade

Outra condição sistêmica muito comum que gera consequências visíveis aos olhos é a pressão alta. Ela também induz alterações nos vasos que irrigam o olho, sobretudo na retina.

+ LEIA TAMBÉM: Um guia para se defender do glaucoma

Doenças reumatológicas e autoimunes também têm uma correspondência ocular importante. Tanto o lúpus como a artrite reumatoide podem afetar a visão. Muitas vezes, aliás, esse é um dos primeiros sintomas dessas enfermidades: o paciente desenvolve irritação ocular, olho seco ou vermelho, por exemplo.

E mesmo problemas respiratórios e imunológicos repercutem nos olhos. Pessoas com asma, rinite, dermatite e outras condições de fundo alérgico tendem a apresentar acometimentos na vista. Quando não tratada, a alergia ocular pode evoluir para quadros mais graves como o ceratocone, doença que afeta a córnea.

BUSCA DE MEDICAMENTOS Informações Legais

DISTRIBUÍDO POR

Consulte remédios com os melhores preços

Favor usar palavras com mais de dois caracteres
DISTRIBUÍDO POR
Continua após a publicidade

É muito importante que o olho humano seja reconhecido como uma estrutura totalmente integrada ao organismo e, a partir disso, valorizar qualquer sinal de que algo não vai bem ali. Está com alguma alteração visual? Vive com os olhos irritados, vermelhos ou com a sensação de que estão pesados? Anda com dificuldade para enxergar?

Tudo isso é motivo para um exame oftalmológico. Aliás, a rotina de consultas é essencial para checar não só a saúde da visão como para contribuir com a qualidade de vida como um todo.

Compartilhe essa matéria via:

* Tiago César Pereira Ferreira é oftalmologista, médico filiado às Academias Brasileira, Americana e Europeia de Oftalmologia e professor da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.