Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Um sapato para escapar das dores

Primeiro calçado com certificação da Anvisa busca reduzir incômodos nos pés, mas há limitações

Por Chloé Pinheiro Atualizado em 26 Maio 2021, 18h52 - Publicado em 26 Maio 2021, 09h56

A Piccadilly recebeu da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o primeiro certificado de produto de saúde já emitido a um sapato, depois de mais de uma década de planejamento. A tecnologia, batizada de Maxi, usa o calor corporal para aliviar dores, inchaços e a sensação de perna pesada típicos de quem passa longos períodos na mesma posição.

O calor emitido pelos pés é absorvido pela palmilha especial, com uma manta de biofibra impregnada de um mineral magnético. Por meio de reações iônicas, as ondas de calor são transformadas em raios infravermelhos longos, que penetram nos pés e ativam a circulação local.

“Vivemos um momento de democratização do conforto”, afirma Ana Carolina Grings, diretora de desenvolvimento da companhia, que tem outras soluções nessa pegada.

A fisioterapeuta Ana Paula Ribeiro, professora da Universidade Santo Amaro (Unisa) e especialista no tema, vê vantagens na novidade, com uma ponderação. “Para doenças inflamatórias, como fascite e esporão, o estímulo à microcirculação não é bem-vindo”, explica. Nesse caso, vale consultar o médico.

  • Mais tecnologias a favor do conforto

    A marca, criada nos anos 1950, é uma das pioneiras nacionais na criação de calçados que priorizam o bem-estar dos pés femininos. Veja outras criações deles:

    SPA: Linha com duas palmilhas trocáveis que prometem ser relaxantes. Uma faz massagem, outra libera nanocápsulas de aloe vera para hidratar as solas.

    Energy: A palmilha tem um sistema magnético que transforma até 87% do impacto dos passos em vibração para prevenir dores nos joelhos.

    Contra joanete: Uma das primeiras inovações da Piccadilly, anos atrás, foi a criação de sapatos com tecido mais flexível e arejado para acomodar joanetes.

    Continua após a publicidade
    Publicidade