saudeLOGO Created with Sketch.

Novo remédio para emagrecer é aprovado no Brasil

Estudos mostraram que medicamento quase quadruplicou a perda de peso. Mas ele só deve ser prescrito em situações específicas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, acabou de liberar a liraglutida, droga produzida pela farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk, para combater o excesso de peso. O remédio é indicado para adultos obesos, com Índice de Massa Corporal (IMC) maior que 30, ou para indivíduos com sobrepeso, com o IMC superior a 27, que possuem outros fatores de risco envolvidos, como hipertensão, apneia do sono ou colesterol alto. Administrado por meio de injeções diárias, o fármaco ganhou o ok das agências regulatórias americanas no final do ano passado.

Já aprovada para tratar o diabete, a liraglutida mostrou um efeito positivo na luta contra a balança, de acordo com uma pesquisa coordenada pela Universidade Columbia, nos Estados Unidos, publicada no prestigiado periódico The New England Jounal of Medicine. Mais de 3 600 obesos foram separados em dois esquemas de terapia. O primeiro envolvia injeções do remédio e aconselhamento de profissionais sobre como adotar uma dieta equilibrada e se exercitar. O segundo se baseava em picadas de mentirinha e naquelas mesmas orientações. Após 14 meses, quem usou a liraglutida emagreceu, em média, 8,4 quilos, ante 2,8 quilos da outra turma. “O medicamento imita a ação do hormônio GLP-1 e incita o envio de mensagens de saciedade ao cérebro”, resume o médico Alexandre Hohl, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Quando o remédio é dispensável

Medicações para emagrecer não devem ser a primeira escolha de tratamento. É importante esgotar outras possibilidades, como dieta e atividade física.

Quando ele pode ser útil

Há casos de base genética em que o paciente não emagrece de jeito nenhum. Daí o médico indica fármacos — junto com atitudes que primam pela vida saudável.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s