saudeLOGO Created with Sketch.

Flores de comer

Acredite: elas podem deixar seu prato mais nutritivo

Não vá pensando que se trata de modismo. O costume de consumir flores vem lá da Idade Média – e os benefícios vão além do embelezamento das receitas. “Elas têm baixo valor calórico e, assim como frutas e hortaliças, reúnem vitaminas e substâncias antioxidantes”, conta o nutricionista Matheus Motta, do Vigilantes do Peso. Se quiser experimentar, não as compre em floriculturas, onde as espécies em geral recebem agentes químicos. O ideal é buscar as versões comestíveis em mercados, feiras e redes que comercializam produtos naturais. Na Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), as flores mais procuradas para compor as refeições são begônia, capuchinha e amor-perfeito. Aprenda como usá-las abaixo.

Begônia: é encontrada nas cores branca, rosa, vermelha e por aí vai. Tem acidez sutil e combina com saladas e ensopados.

Amor-perfeito: possui sabor levemente adocicado e é refrescante. Pode ser usada em saladas de frutas e na decoração de sobremesas.

Capuchinha: de gosto mais apimentado, fica ótima em saladas de verão e pratos salgados, como omeletes, purês e arroz.

Que tal cultivar em casa as flores de que mais gosta? Só não borrife produtos químicos.