saudeLOGO Created with Sketch.

Dois cosméticos para cabelo e unha são proibidos pela Anvisa

O alisante capilar Forever Liss Btox e o produto para unhas Keraprimer não podem mais ser vendidos no Brasil por falta de registro

Um recado para quem usa produtos de beleza. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de proibir a venda do alisante capilar Forever Liss Btox – utilizado em escovas progressivas – e o cosmético Keraprimer, que tem o objetivo de preparar a mão para unhas postiças.

O Forever Liss Btox, fabricado pela Aguss Indústria e Comércio, foi vetado por falta de registro. E por que isso é importante? Para atestar a segurança do produto e sua eficiência. Além disso, todo alisante merece cuidado especial, uma vez que não pode carregar formol em sua fórmula – a substância é cancerígena.

Meses antes, lotes específicos do Forever Liss Btox haviam sido proibidos. Isso porque foram identificados restos de formol na formulação.

A falta de registro também foi a causa da proibição do Keraprimer. O cosmético, da marca Keragel, prepara a unha para a colocação de unhas em gel ou acrílico.

Ambos os cosméticos já estão sendo recolhidos.

Detergente também é proibido pela Anvisa

Em paralelo, o órgão suspendeu a venda do Bio Det, um detergente alcalino para máquinas de lavar e para talheres em geral. De novo, a falta de registro foi o que motivo a medida.