Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Brócolis, couve-flor e companhia são, de fato, protetores?

Descubra se esses alimentos têm ação preventiva contra tumores

Por Redação Saúde é Vital Atualizado em 23 abr 2018, 10h36 - Publicado em 25 jul 2016, 12h56

Está aí uma família de valor no combate ao câncer. E são muitos seus integrantes: repolho, couve-de-bruxelas, acelga, rúcula e agrião também fazem parte dessas hortaliças que formam o grupo das brássicas. Elas se destacam no reino vegetal por conter uma quantidade generosa de glicosinolatos. Quando esses compostos são mastigados, acontece uma reação química que libera substâncias capazes de proteger as células de elementos cancerígenos como os poluentes.

  • Um desses componentes, o sulforafano dos brócolis, ainda atua diretamente no DNA, induzindo a morte de células defeituosas — o embrião de um tumor. Se não for comer esses alimentos crus, só tome cuidado para o calor não detonar os nutrientes. Brócolis e couve-flor podem ser fervidos rapidamente ou cozidos no vapor.

    Publicidade