Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Uva rubi ou romã: qual fruta de ano novo é melhor para a saúde?

Tanto a uva rubi quanto a romã são frutas ligadas a superstições de ano novo. Além de sorte e prosperidade, descubra o que elas fazem pela sua saúde.

Por Da Redação Atualizado em 18 jul 2017, 17h07 - Publicado em 20 dez 2013, 22h00

Ano-Novo combina com superstições e, nesse quesito, as duas frutas disputam espaço à mesa na hora da virada. Afinal, dizem que elas trazem sorte e prosperidade nos meses que virão. Acontece que tanto a uva como a romã não são bem-vindas apenas no réveillon. ”Ambas são interessantes para compor uma alimentação saudável“, diz a nutricionista Cynthia Antonaccio, diretora da Equilibrium Consultoria, na capital paulista. A romã reúne um time de antioxidantes poderosos — como ácido elágico, antocianinas e catequinas —, com capacidade especial de retardar o envelhecimento e proteger contra o câncer. A uva, por sua vez, esbanja flavonoides. “Essas substâncias ajudam a impedir que o colesterol ruim se deposite na parede das artérias”, conta Cynthia. Mas não se engane: apesar de pequena, a uva tem bastante açúcar. Por isso, consuma até um cacho por dia — não mais! No caso da romã, uma unidade está de bom tamanho.

  • Veja a comparação de 100 gramas de cada fruta de acordo com a tabela brasileira de composição de alimentos (TACO/UNICAMP):

    Energia

    Uva – 49 cal
    Romã – 56 cal

    Magnésio

    Romã – 13 mg
    Uva – 6 mg

    Ferro

    Romã – 0,3 mg
    Uva – 0,2 mg

    Continua após a publicidade

    Proteínas

    Uva – 0,6 g
    Romã – 0,4 g

    Fibra alimentar

    Uva – 0,9 g
    Romã – 0,4 g

    Potássio

    Romã – 485 mg
    Uvã – 159 mg

    Vitamina

    Romã – 8,1 mg
    Uva – 1,9 mg

    Carboidratos

    Uva – 12,7 g
    Romã – 15,1 g

    Placar SAÚDE

    Romã 4 X Uva rubi 4.

    Continua após a publicidade
    Publicidade