Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Pamonha e curau de milho verde: qual oferece mais benefícios?

Um é rico em fibras e proteínas. O outro tem menos calorias e carrega bastante potássio. Descubra qual desses quitutes juninos com milho é mais saudável.

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 24 Maio 2018, 10h37 - Publicado em 23 jun 2014, 22h00

Um dos maiores atrativos das festas juninas são suas delícias típicas. O grande dilema é decidir em qual investir. Se a dúvida envolver a pamonha cozida e o curau de milho verde, saiba que, nutricionalmente, ambas as opções são similares.

Agora, quem é diabético ou está monitorando o ponteiro da balança precisa prestar atenção no fato de a pamonha ter o dobro de carboidratos do curau. “É que o excesso desse nutriente pode culminar em problemas como aumento de peso e excesso de glicose no sangue”, observa a nutricionista Lucy Aintablian Tchakmakian, do Centro Universitário São Camilo, na capital paulista.

A pamonha, por outro lado, sai na frente em relação à quantidade de fibras, substâncias que fazem a diferença na vida de quem tem o trânsito intestinal travado. Seja qual for sua escolha, só não se esqueça de que o valor nutritivo também depende da forma de preparo. Até por isso, as duas sobremesas pedem moderação. “O consumo deve ficar em torno de 100 gramas, o que corresponde a um potinho de sobremesa”, aconselha Lucy.

Veja a comparação de 100 gramas desses alimentos, de acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco/Unicamp):

Continua após a publicidade

Energia
Curau 78 Kcal
Pamonha 171 Kcal

Proteínas
Pamonha 2,6 g
Curau 2,4 g

Carboidratos
Curau 13,9 g
Pamonha 30,7 g

Lipídios
Curau 1,6 g
Pamonha 4,8 g

Fibras
Pamonha 2,4 g
Curau 0,5 g

Potássio
Curau 162 mg
Pamonha 125 mg

Placar SAÚDE

Curau 4 x 2 pamonha

Publicidade