Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Introdução alimentar: demora é ligada a alergias

Quando se posterga demais o início do contato com a comida, aumenta o risco de alergia alimentar

Por Ingrid Luisa 27 Maio 2022, 19h30

Após o aleitamento materno exclusivo, que deve durar até os 6 meses, a maioria dos pais teme que o bebê vá reagir mal aos alimentos, principalmente aqueles com fama de alergênicos, como ovos, castanhas e frutos do mar.

Para evitarem sustos, acabam protelando o primeiro contato da criança com essas comidas. Mas estudos recentes indicam que o tiro sai pela culatra.

Restringir a dieta ou demorar para apresentar algum alimento pode ter o efeito oposto, aumentando as chances de reação alérgica mais tarde”, afirma a pediatra e alergista Renata Cocco, professora da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, em São Paulo.

O conselho, portanto, é oferecer de tudo um pouco na fase de introdução alimentar, observando como o pequeno responde. “Não se deve retirar nenhum alimento da dieta da mãe durante a gravidez e a lactação nem retardar o início da alimentação sólida para a criança”, orienta Renata.

+Leia Também: Seu filho come mal? Por dentro das dificuldades alimentares na infância

Para começar bem

Dicas para a introdução alimentar ser mais tranquila e saudável

Continua após a publicidade

Sem sal
A recomendação é evitar acréscimo de sal na comida até 1 ano de vida. Priorize ervas e outros temperos.

Nem açúcar
O leite materno já contém açúcar, e vários alimentos são adocicados. Não coloque mais.

Diversidade
Um cardápio variado garante o aporte adequado de proteína, carboidrato, vitaminas e minerais.

Atenção ao mel
Ele não deve ser ingerido até 1 ano, pois pode alojar bactérias causadoras do botulismo.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)