Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Inteligência artificial ajuda na análise de biópsias

Sistema baseado em inteligência artificial permite analisar e laudar a distância amostras de tecidos renais e hepáticos

Por Da Redação
14 dez 2022, 13h35

O Brasil sofre com a falta de patologistas, principalmente em regiões mais afastadas, e esses profissionais são decisivos para avaliar e laudar biópsias, uma etapa importante no diagnóstico e no direcionamento do tratamento de uma série de doenças. Essa carência de especialistas é sentida sobretudo na inspeção de tecidos renais e hepáticos.

“O PathoSpotter é um sistema computacional que pode mudar esse cenário, danoso principalmente para as classes menos favorecidas”, diz o patologista Washington dos Santos, pesquisador da Fiocruz na Bahia e idealizador da inovação.

“Por meio da inteligência artificial, ele busca fazer análises rápidas e de alta precisão das biópsias”, explica.

O programa, que vem sendo desenvolvido nos últimos dez anos, pretende dar suporte a profissionais de todos os cantos do país. Basta carregar a foto de uma lâmina no sistema e aguardar o laudo. Cada imagem inserida, aliás, contribui para aumentar a precisão do PathoSpotter.

Compartilhe essa matéria via:

A tecnologia ainda carrega um potencial educacional, uma vez que, conforme acumula mais e mais dados, é capaz de apontar novos padrões associados a anomalias nas lâminas.

“Com base nesse conhecimento contínuo, os patologistas poderão aprimorar suas próprias práticas”, argumenta Santos.

A perspectiva real de um programa que melhora, acelera e amplifica o trabalho desses profissionais — o que, no fim, culmina em diagnósticos e tratamentos mais certeiros contra enfermidades que afligem os rins e o fígado — levou o projeto a ser reconhecido como o grande destaque em Medicina Diagnóstica do 5° Prêmio Dasa de Inovação Médica com VEJA SAÚDE.

Trabalho vencedor: PathoSpotter: inteligência artificial aplicada ao diagnóstico anatomopatológico
Autores: Washington Luis Conrado dos Santos, Luciano Rebouças de Oliveira e Angelo Duarte.
Instituição: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/ Bahia).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.