saudeLOGO Created with Sketch.
Entrevistas com Da Redação

Medicina personalizada contra o câncer: mais eficiência e acessibilidade

A individualização do tratamento contra essa doença é peça-chave para melhorar a vida dos pacientes e a sustentabilidade do sistema de saúde

access_time 13 maio 2019, 17h15 - Publicado em 13 maio 2019, 15h10

“A medicina personalizada é a tentativa de usar características do paciente, principalmente genéticas, e características do câncer.  Você combina informações da pessoa, que são únicas, com outras informações do tumor daquele paciente para encontar a mehor solução para ele”, define Rodrigo Guindalini, coordenador de oncologia do Hospital Português, na Bahia.

Com o avanço dos tratamentos e dos exames na área, esse conceito passou de um sonho distante para a realidade. A grande questão é como tornar essas novidades acessíveis para os pacientes que precisam delas. Essa temática foi abordada no Fórum Nacional Oncoguia de 2019 – e discutida no vídeo que você pode ver acima.

Uma das entrevistadas, a oncologista Marcela Crosara, do Hospital Sírio-Libanês do Distrito Federal, destaca o papel dos pacientes em buscar o melhor atendimento possível. Segundo ela, as pessoas estão chegando ao consultório com mais informações sobre conceitos que envolvem a medicina personalizada. Isso é muito positivo, inclusive por colocar esses indivíduos em uma posição mais ativa com relação ao próprio tratamento.

Na edição de 2018, o Fórum Nacional Oncoguia também discutiu como oferecer um bom atendimento aos brasileiros com câncer. Você pode clicar aqui para acessar o vídeo especial que fizemos naquela ocasião.

Tudo sobre