Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Radar da saúde: a nova lei das pesquisas clínicas no Brasil

Sancionada por presidente, iniciativa busca tornar país mais aberto e competitivo para os ensaios clínicos. Veja este e outros destaques da redação

Por Diogo Sponchiato
21 jun 2024, 14h08

Funciona assim: quaisquer remédios, vacinas ou intervenções médicas que se prezem precisam passar por estudos controlados em humanos antes de serem liberados para melhorar ou salvar a vida das pessoas.

É por isso que boa parte da comunidade científica e a indústria farmacêutica celebraram o avanço do projeto de lei (PL) das pesquisas clínicas no Senado e sua aprovação pelo presidente Lula.

A iniciativa busca mitigar burocracias e dar celeridade a processos que hoje travam a realização de pesquisas no país, sem descuidar dos direitos dos pacientes.

Espera-se que, com o pacote de mudanças, o Brasil salte da 20ª para a 10ª posição no ranking global de ensaios clínicos.

Ponderações foram feitas à lei, contudo: critica-se, por exemplo, que o acesso dos voluntários às drogas inovadoras validadas tenha sido restrito a cinco anos após os testes, e não mais por tempo indeterminado.

Continua após a publicidade
Clique aqui para entrar em nosso canal no WhatsApp
bacteria-peste
(Ilustração: Pedro Hamdan/Veja Saúde)

Passado: 130 anos da descoberta da bactéria da peste bubônica

Uma das doenças mais devastadoras da história da humanidade — ela teria dizimado um terço da população europeia numa epidemia na Idade Média — teve sua causa identificada em 1894.

O microbiologista francês de origem suíça Alexandre Yersin desvendou a bactéria responsável pela peste bubônica, propagada por pulgas que se aninham em ratos.

Continua após a publicidade
vermes-covid
(Ilustração: Pedro Hamdan/Veja Saúde)

Futuro: um verme com poderes contra a Covid-19

Cientistas de Salamanca, na Espanha, constataram que uma criatura que normalmente infesta animais de fazenda esconde substâncias com efeito antiviral que, um dia, poderiam nos ajudar a tratar infecções como a do coronavírus.

São achados iniciais, em experimentos com células, mas ninguém pode abrir mão desses pequenos presentes da natureza.

botucatu-remedios-biologicos
(Ilustração: Pedro Hamdan/Veja Saúde)

Um lugar: Botucatu ganha espaço de testagem e produção de biológicos

O Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos (Cevap) da Unesp, no interior paulista, inaugurou o primeiro polo da América Latina com recursos de ponta para fabricar lotes de biomedicamentos destinados a estudos-piloto junto a companhias farmacêuticas.

A missão é acelerar o desenvolvimento de remédios promissores em áreas como oncologia.

atendimento-psiquiatra
(Ilustração: Pedro Hamdan/Veja Saúde)

Um dado: 83% de aumento na demanda por atendimentos em psiquiatria

O registro vem do grupo Hapvida NotreDame Intermédica, a maior operadora de saúde do país, e leva em conta a comparação do primeiro trimestre de 2022 com o mesmo período de 2024.

Continua após a publicidade

Já o número de internações psiquiátricas cresceu 71% entre junho de 2022 e março de 2024. Mais uma evidência do boom de transtornos mentais no Brasil.

+ Leia tambémQuando devo procurar um psiquiatra? Entenda

noam-chomsky
(Ilustração: Pedro Hamdan/Veja Saúde)

Uma frase: Noam Chomsky

“Há um entusiasmo justificado com a promessa de novas tecnologias e uma empolgante variedade de trabalhos para serem realizados na exploração dos aspectos mentais do mundo. Não é uma má ideia, entretanto, manter em algum canto da mente o julgamento de grandes figuras da ciência moderna — Galileu, Newton, Hume e outros — quanto à obscuridade em que os segredos da natureza estiveram e para sempre permanecerão, talvez por razões inerentes à dotação biológica da única criatura curiosa capaz de contemplar essas questões.”

Continua após a publicidade

Noam Chomsky, linguista e filósofo americano, na antologia O Essencial Chomsky (Crítica)

O essencial Chomsky

essencial-chomsky-livro

 

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.