saudeLOGO Created with Sketch.

Pressão arterial: qual número é mais perigoso?

Geralmente o médico fala dois números após medir sua pressão. Qual o mais importante?

O senso comum diz que o aumento da pressão arterial diastólica (o segundo valor da medição) é mais grave que o da sistólica (o primeiro). Na verdade, não é bem assim. Quando estão elevadas, ambas oferecem riscos. É o que assegura o médico Luiz Bortolotto, da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Veja bem: a hipertensão é caracterizada por níveis superiores a 140 por 90 mmHG. O ideal, portanto, é que os dois valores não cheguem a essa marca ou a superem.

A pressão sistólica, ou máxima, é aquela que marca a contração do músculo cardíaco, quando ele bombeia sangue para o corpo. A diastólica, por sua vez, é a do momento de repouso, em que os vasos permanecem abertos para o sangue passar. Com a idade, é até mais comum que a pressão sistólica dê uma subidinha. No entanto, o aumento nos dois valores merece atenção médica.