Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

O que pode ajudar no combate à cólica menstrual?

As opções vão desde medicamentos convencionais até a acupuntura — a escolha depende de você e dos sintomas

Por Thiago Nepomuceno 4 nov 2016, 16h18

Pergunta enviada por Ivone Schnaider, de Blumenau 

Quando a mulher menstrua, os fluidos passam por uma região chamada colo do útero, que é estreita e pode apresentar bastante sensibilidade. E é esse tráfego que causa as terríveis cólicas. “Mas nem sempre essa dor é normal”, comenta José Maria Soares Jr., vice-chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. “Se ela é intensa e piora com o tempo, é preciso procurar um médico. Isso pode ser indício de uma doença mais séria, como endometriose ou mioma uterino”, atesta.

Se o incômodo não for originado por uma encrenca específica, pode-se recorrer a anti-inflamatórios ou remédios próprios para enfrentar cólicas e desconforto abdominal. Pílulas contraceptivas também costumam ajudar — mas não as engula antes de conversar com um profissional. “Toda droga tem efeitos colaterais. Cronicamente e sem acompanhamento médico, os anti-inflamatórios podem aumentar o risco de pressão alta e problemas nos rins”, alerta Soares Jr.

Leia também: Cólica menstrual: alívio para as pontadas

Às vezes, alguns tratamentos não medicamentosos entram em cena, como compressas de água quente, fisioterapia e acupuntura. A escolha entre elas depende muito da intensidade dos sintomas e do bate-papo com o expert.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês