Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novidades no tratamento para pré-diabetes e diabetes tipo 2

Pesquisas sugerem remediar desde cedo o pré-diabetes e ficar especialmente atento ao coração de quem já tem diabetes tipo 2, como mostra nosso colunista

Por Da Redação Atualizado em 14 nov 2018, 16h27 - Publicado em 5 out 2018, 18h24

Pré-diabetes não é pré-doença. E novidades do Congresso Europeu de Diabetes de 2018, realizado em Berlim (Alemanha), deixam isso bem claro. O endocrinologista Carlos Eduardo Barra Couri, da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, acompanhou as novidades que estão sendo discutidas por lá sobre o tratamento das pessoas que estão com a glicemia alterada, mas ainda não são caracterizadas como diabéticas.

No vídeo abaixo, ele revela que o uso de ao menos um remédio no pré-diabetes deve ser considerado. Às vezes, até mais de um.

  • E não para por aí. Couri ainda destaca que, para os pacientes que já tem diabetes tipo 2, o foco principal do tratamento deve ser o coração. Dê uma olhada:

    Continua após a publicidade
    Publicidade