saudeLOGO Created with Sketch.

Luz verde ajuda a melhorar a enxaqueca

Médicos americanos descobrem que lâmpadas dessa cor podem ter um papel no tratamento de alguns tipos de dor de cabeça

Cerca de 80% das pessoas com enxaqueca crônica apresentam sensibilidade à luz e precisam se manter em locais escuros durante uma crise. Por isso, um experimento da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, testou como lâmpadas com cores diferentes influenciariam a sensação dolorosa. Para tanto, 41 voluntários com o problema ficaram numa sala que mudava de iluminação de tempos em tempos.

Leia mais: A dor de cabeça em crianças e adolescentes

Todos foram avaliados por meio de eletrodos instalados nas pálpebras e na cabeça e tiveram de responder a questionários sobre a intensidade da dor. Os resultados mostraram que lâmpadas brancas, azuis, amarelas e vermelhas pioravam a situação. As únicas que traziam alívio eram as verdes. “Parece que essa tonalidade estimula menos células localizadas nos olhos que estão relacionadas ao incômodo”, especula o neurologista brasileiro Abouch Krymchantowski, membro da Sociedade Americana de Dor de Cabeça. A expectativa agora é criar uma terapia a partir das ondas de luz esverdeadas para os casos mais leves do distúrbio.

Veja também