Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Tremoço ou amendoim? Eis a questão!

Comparamos os petiscos para saber se algum deles é mais nutritivo

Por Thaís Manarini Atualizado em 26 out 2016, 10h11 - Publicado em 4 set 2016, 09h00

A Paralimpíada está aí e, para acompanhar as competições, é bom apostar em petiscos equilibrados. Nesse sentido, tanto o tremoço como o amendoim cumprem o papel. Mas tem um detalhe: o primeiro costuma ser vendido em conserva. Com isso, a quantidade de sódio — mineral que em excesso faz a pressão subir — é abusiva. Segundo a nutricionista Mônica Spinelli, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, na capital paulista, uma maneira de minimizar isso é deixar o alimento de molho e trocar a água várias vezes ao dia. Vale a pena. Ele é pouco calórico e rico em proteínas, fibras, vitamina E e gorduras boas. Por falar nessas gorduras, cabe ressaltar que o amendoim está cheio delas – tais nutrientes auxiliam na prevenção das doenças cardiovasculares. “Mas o melhor amendoim é o mais natural”, avisa Mônica. Na lista abaixo, você conhece as propriedades da versão torrada e salgada, mais comum por aí. Seja qual for a escolha, um punhado é o suficiente.

Leia também: Compare a paçoca com o pé de moleque

Energia

Tremoço – 121 cal
Amendoim – 606 cal

Fibras

Tremoço – 14,4 g
Amendoim – 7,8 g

Proteínas

Amendoim – 22,5 g
Tremoço – 11,1 g

Continua após a publicidade

Sódio

Amendoim – 376 mg
Tremoço – 1 809 mg

Carboidratos

Tremoço – 12,4 g
Amendoim – 18,7 g

Gordura monoinsaturada

Amendoim – 29,1 g
Tremoço – 1,9 g

(Os valores se referem a 100 gramas do alimento)

Placar Saúde: Empate

Tremoço 3 x 3 Amendoim

Continua após a publicidade
Publicidade