Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Futuro do Diabetes

Por Blog
Carlos Eduardo Barra Couri é endocrinologista, pesquisador da USP de Ribeirão Preto e criador do Endodebate e do Diacordis. Aqui ele mapeia os cuidados e os avanços para o controle do diabetes
Continua após publicidade

A união de biologia e tecnologia pode criar o 1º pâncreas bioartificial

Um dispositivo promissor pode, no futuro, medir a glicose dos pacientes com diabetes e automaticamente aplicar a dose certa de insulina

Por Dr. Carlos Eduardo Barra Couri
21 fev 2020, 16h35

Há mais de três décadas, pesquisadores de todo o mundo se esforçam para desenvolver um pâncreas artificial que ajude pessoas com diabetes. A ideia é criar um dispositivo capaz de automaticamente medir as flutuações da glicose e, em seguida, aplicar a insulina. Tudo isso sem que o paciente tenha de se preocupar em contar carboidratos na dieta, analisar gráficos, calcular a dose de insulina…

Pois há uma nova promessa nesse front: a empresa Defymed, especialista em produtos médicos implantáveis, desenvolveu o MailPan. É uma espécie de bolsa implantável dentro do corpo, na parte mais superficial da parede do abdômen, e que contém no seu interior células produtoras de insulina geradas em laboratório a partir de células-tronco embrionárias.

A bolsa do dispositivo atua como uma espécie de escudo, impedindo o ataque do nosso sistema imunológico contra as tais células produtoras de insulina, que não possuem o mesmo DNA do paciente e, por isso, são vistas como inimigas. Em contrapartida, a mesma bolsa permite que essas células entrem em contato com o sangue da pessoa, detectando as concentrações de glicose em tempo real. A partir daí, elas secretariam a insulina de acordo com a necessidade. É um pâncreas bioartificial, assim por dizer.

A nova tecnologia ainda possui dois conectores ligados ao meio externo para que novas células produtoras de insulina sejam infundidas de tempos em tempos, segundo a necessidade.

Continua após a publicidade

Experimentos em camundongos e porcos mostraram sucesso no controle da glicose, porém pesquisas em humanos ainda não foram conduzidas. Apesar de o MailPan ser promissor, temos que aguardar resultados de eficácia e segurança de estudos sérios e bem feitos entre os indivíduos com diabetes.

Vamos aguardar!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.