Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

Com a Palavra

Por Blog
Neste espaço exclusivo, especialistas, professores e ativistas dão sua visão sobre questões cruciais no universo da saúde
Continua após publicidade

Calor intenso interfere em procedimentos dentais?

Temperaturas elevadas exigem atenção na realização de extração de dentes e outras cirurgias bucais

Por Nelson Corazza Junior, cirurgião-dentista*
7 dez 2023, 14h37

Em períodos de calor intenso, algumas medidas como hidratação, proteção solar e redução da carga de atividades físicas devem ser observados para manter a saúde do corpo.

Com a saúde bucal não é diferente. Além da higienização, é importante entender que alguns procedimentos comuns no dentista merecem mais cuidado em períodos de temperaturas elevadas.

As cirurgias, por exemplo, como extração de dentes — sobretudo, do siso — exigem medidas de segurança importantes para sua realização e, com as altas temperaturas, atenção redobrada para possíveis eventos pós-operatórios.

+ Leia também: Estética a qualquer custo: os riscos de procedimentos orais malsucedidos

Existe uma relação entre aumento de casos de hemorragia e exposição a altas temperaturas após procedimentos do tipo. O desconforto e os edemas (inchaços) também costumam ficar mais exuberantes por conta do calor.

Contudo, a suscetibilidade a esses quadros é muito particular, e cada indivíduo responde de uma forma ao tratamento. Assim, cabe ao cirurgião-dentista a avaliação do quadro antes e depois da intervenção.

Continua após a publicidade

Cuidados diários

Quem passa por intervenções orais em dias quentes deve evitar a exposição ao sol, a longa permanência em ambientes mais quentes, como na prática de exercícios físicos, e a negligência com a higiene oral, que aumenta o risco de complicações.

Quanto à alimentação, dietas mais brandas e de baixa temperatura fazem parte das orientações padronizadas, sempre tendo em mente que eventuais restrições alimentares exageradas podem comprometer o restabelecimento do paciente.

Com relação à medicação, não existem alterações. Porém, deve-se observar se há sinais de demora na cicatrização ou mesmo o início de processos infecciosos pós-cirúrgicos.

+ Leia também: Facetas ou lentes de contato: qual o melhor para os dentes?

O uso dos remédios indicados de forma correta e atenta, a higienização meticulosa, o repouso temporário e o uso de compressas frias (que tendem a promover alívio das dores locais e conter edemas maiores) são recomendações que devem ser firmemente seguidas pelos pacientes.

Continua após a publicidade

Formalmente, não existe a necessidade de adiar procedimentos no dentista por conta de situações climáticas, como as ondas de calor, mas os cuidados devem ser observados.

Apesar de não serem um salvo conduto contra complicações pós-operatórias, a adoção de protocolos de segurança antes, durante e depois das cirurgias oferece aos profissionais e pacientes uma base suficientemente segura para que a recuperação seja o mais tranquila possível.

*Nelson Corazza Junior, cirurgião-dentista, membro da Câmara Técnica de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP).

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.