Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

Coisas de Homens Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Sexo, libido, ereção, prevenção de doenças… O bem-estar dos homens está na mira do urologista João Brunhara, diretor médico da Omens, plataforma que trata da saúde sexual masculina
Continua após publicidade

Existe remédio caseiro para melhorar a ereção?

Ostra, ovo de codorna, maca peruana... Será que alimentos ou fitoterápicos são eficazes para essa finalidade? Nosso colunista responde

Por João Brunhara
28 mar 2023, 18h05

Praticamente todo homem conhece ou já ouviu falar de remédios famosos para ereção, como Cialis ou Viagra. Mas muitos dos que precisam usar essas medicações evitam tomá-las, seja por medo, desconhecimento ou até vergonha em procurar um médico ou adquirir o produto numa farmácia.

De fato, segundo pesquisa realizada pela Omens em parceria com o Datafolha, entre os homens com problemas de ereção, 60% nunca procuraram nenhuma ajuda profissional e 20% não tomariam medicamentos nem mesmo com indicação médica.

Diante desse cenário, muitos procuram alternativas, como alimentos ou remédios caseiros que supostamente melhoram a ereção. Estamos falando desde costumes que vêm da sabedoria popular, como comer ostras ou amendoim, até o uso de fitoterápicos ou produtos naturais.

Mas será que essas soluções funcionam? Comecemos pela comida.

A lista de alimentos que poderiam ajudar na performance sexual é longa: abacate, amendoim, amêndoa, melancia, ovo de codorna, frutos do mar… Mas carece de qualquer comprovação científica.

Continua após a publicidade

+ LEIA TAMBÉM: Existe relação entre doenças da próstata e impotência sexual?

Alimentos ditos afrodisíacos não são uma estratégia confiável para quem sofre com problemas de ereção.

Por outro lado, existem fitoterápicos cuja ação é ainda controversa, como a maca peruana, ginseng, tribulus e iombina. Dentre esses, o mais estudado é a maca peruana, que pode melhorar a libido (ou seja, o desejo), mas, segundo as mesmas pesquisas, teria um efeito muito sutil sobre a ereção.

Em outras palavras, não dá para comparar esses suplementos com medicações estudadas e aprovadas para disfunção erétil, como a classe do Viagra e do Cialis.

Continua após a publicidade

BUSCA DE MEDICAMENTOS Informações Legais

DISTRIBUÍDO POR

Consulte remédios com os melhores preços

Favor usar palavras com mais de dois caracteres
DISTRIBUÍDO POR

E tem outro detalhe importante: não é por serem “naturais” que os fitoterápicos são isentos de efeitos colaterais e complicações. Por exemplo, a ioimbina, se administrada em dose excessiva ou por indivíduos com contraindicações, pode trazer sérios eventos adversos cardíacos.

Portanto, o conselho para quem enfrenta problemas de ereção é se consultar com um urologista, realizar os ajustes no estilo de vida que forem orientados e, se for necessário, usar corretamente os remédios prescritos pelo médico.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.