Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

Alimente-se Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Comer é muito mais do que ingerir nutrientes. Na receita de uma alimentação equilibrada, também há ingredientes comportamentais, emocionais, culturais e ambientais, como mostra a nutricionista Lara Natacci
Continua após publicidade

A alimentação durante as festas de fim de ano

A ideia de mal comer e se matar na academia para comer sem culpa na ceia é uma furada. Nossa colunista conta o porquê

Por Lara Natacci
22 dez 2023, 09h33

As festas de fim de ano estão chegando e, com elas, surge todo tipo de malabarismo para supostamente aproveitar as gostosuras sem engordar. Mas, se fosse para falar apenas uma coisa para você, eu diria: nem pense em usar aquele sistema de recompensa

Funciona assim: “Bom, como tem a ceia, eu vou malhar bastante de manhã e ficar só na salada e fruta durante o dia. Aí posso comer o que quiser, sem culpa, à noite!”

Só que isso é um problema, porque a chance de exagero é enorme. Então essa recompensa nem funcionaria pra começo de conversa.

Leia também: Coma nozes o ano inteiro, não só no Natal  

Depois que imagine como fica o nosso metabolismo com essa montanha russa de oferta alimentar, em que num momento comemos um monte, e em outro quase nada? É claro que ele vai desregular! 

Continua após a publicidade

Além disso, quanto maior a culpa, mais severa será a compensação. Esse processo imita um sistema de punição pelo pecado cometido. Então sua relação com a comida também vai ficar complicada.

Pelo mesmo motivo, também não adianta querer compensar depois, com pensamentos do tipo: “Amanhã eu volto pra dieta e fico três horas na academia!”. 

Compartilhe essa matéria via:

Agora algumas dicas para não exagerar, sem deixar de comer o que você gosta:

Continua após a publicidade
  • Tem peru, tender e pernil? Coma uma fatia fina de cada. 
  • Tem maionese, farofa e arroz? Uma colher de sopa de cada. 
  • Coloque salada no prato. 
  • Se tiver doce, pegue uma porção pequena e complemente com as frutas de época, como a ameixa, uva e o pêssego.
  • Coma devagar e saboreie todos os alimentos, para ter o máximo de prazer com quantidades moderadas. 

Mas… e as bebidas alcoólicas? Se for beber, alterne com água, o que diminui o consumo. Se você colocar em um belo copo, com gelo e limão, fica bonito! 

Temos que nos lembrar que, idealmente, a quantidade máxima de álcool recomendada é de duas doses para homem e uma para mulher. Uma dose equivale a uma lata de cerveja ou uma taça de vinho.

Ótimas festas!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.