Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Perda de peso sutil já gera grandes benefícios

Emagrecer só um pouco pode diminuir o risco de desenvolver diabete.

Por Thiago Nepomuceno - Atualizado em 27 out 2016, 20h12 - Publicado em 26 fev 2016, 12h42

A obesidade é um dos maiores fatores de risco para diversas doenças, como diabete, problemas no coração e até dez tipos de câncer. Então, grande parte dos médicos recomenda que pessoas obesas eliminem de 5% a 10% do peso para evitar encrencas na saúde. Mas nem sempre é fácil atingir essa meta, o que acaba gerando frustração e desistência. Mas um novo estudo aponta que as menores perdas podem ser muito significativas.

Um time de pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, avaliou 40 obesos que tinham como objetivo perder 5%, 10% ou 15% dos seus pesos. Todos os participantes apresentavam sinais de resistência à insulina no sangue. Isso quer dizer que a glicose fica dando sopa no sangue, porque não consegue entrar nas células – um processo que aumenta o risco de desenvolver diabete tipo 2. O resultado do estudo foi animador: as pessoas que emagreceram 5% já tiveram uma considerável melhora na saúde, diminuindo a tal resistência à insulina. Como se não bastasse, o hormônio ainda foi produzido com mais eficiência pelo pâncreas. 

Publicidade